(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Gasto com presente deve ser maior que em 2010

Geral Comentários 08 de outubro de 2011

É o que revela a pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas, que fez um amplo levantamento para auxiliar os comerciantes nas suas estratégias de vendas para a data


A Câmara de Dirigentes Lojistas de Anápolis realizou uma pesquisa com 400 consumidores, para saber deles sobre as intenções de compras para o Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro. A coleta de informações ocorreu no período de 21 a 24 de setembro último e tem um índice de confiança de 95%, conforme o economista Márcio Dourado Rocha, coordenador do trabalho. Ainda, segundo ele, a margem de erro é de 4,33%. De acordo com os dados apurados pela pesquisa, 62% dos entrevistados são do sexo masculino e 38% do sexo feminino. A pesquisa entrevistou pessoas em diversos bairros e no centro da Cidade.
Com relação à intenção de compra da população adulta, os dados apontam que 13% não pretendem presentear ninguém no dia das crianças; 42% pretendem presentear os filhos; 21% presentearão o(s) sobrinho(s); 11% presentearão o(s) neto(s); 2% presentearão o(s) enteado(s); 4% presentearão os afilhados, e, 7% outras crianças, tais como bisnetos, primos e instituições de caridade (orfanatos). Diferentemente do Dia dos Pais, Dia dos Namorados ou do Dia das Mães, onde se presenteiam usualmente a, apenas, uma pessoa, no Dia das Crianças costuma-se presentear mais de um indivíduo. Assim sendo, pesquisa procurou fazer, também, tal verificação, constatando que 29% das pessoas que vão presentear, presentearão a, apenas, uma criança; 27% presentearão a duas crianças; 19% presentearão a três crianças; 6%, quatro crianças; 8%, cinco crianças, e, 11% presentearão a seis ou mais crianças.
Um dado quantitativo importante numa sondagem para o comércio é o valor a ser gasto. Na pesquisa verificou-se que a maioria dos consumidores (48%) irá gastar entre R$100,01 e R$300,00 com presentes para o Dia das Crianças; 5% pretendem gastar até R$20,00; 2% dos consumidores entrevistados pretendem gastar entre R$20,01 e R$50,00; 17% pretendem gastar entre R$50,01 e R$100,00 com o presente; e 19% dos entrevistados pretendem gastar mais que R$300,01 para presentear alguém no dia das crianças. A média geral de gastos é de aproximadamente R$167,00. Esse valor é 70% maior do que o realizado na pesquisa feita em 2010, quando a média foi de R$ 97.
Questionando os consumidores acerca do presente a ser comprado, a pesquisa constatou entre os entrevistados que 61% presentearão com brinquedos; 10,14% com itens de vestuário; 10% com dinheiro; 7% com calçados; 7% com produtos eletrônicos e 1% presentearão com outros presentes, tais como viagens e animais.
Dos consumidores que pretendem presentear alguém no Dia das Crianças, 41% disseram que vão comprar o presente em lojas localizadas nas ruas da Cidade; 11,34% comprarão o presente em shoppings; 13% em camelódromos; 5% em supermercados e 1% dos consumidores pretende presentear com artigos comprados em galerias; 6% comprarão em outro lugar, sobretudo, pela internet. Já, em relação à forma de pagamento, que se configura como importante ferramenta para o planejamento de políticas de crédito e de caixa, a pesquisa verificou que 60 % dos consumidores que presentearão alguém, pretendem pagar o mimo em dinheiro; 12, 39% usarão cartões de crédito, e, apenas, 1% recorrerá ao crediário para o pagamento do presente.

Crianças
Como última etapa do questionário, 218 crianças foram, também, ouvidas na pesquisa realizada pela CDL, sendo que 13, (20% dos entrevistados) têm, até, seis anos; 69% têm entre sete e dez anos e 11% estão entre 11 e 14 anos. Desse total, 54% são do sexo masculino e 47% do sexo feminino.
Ao questionar sobre o que as crianças gostariam de ganhar, o resultado foi o seguinte: os eletrônicos reinam com 49% das pretensões das crianças; os brinquedos perfazem 27% das preferências; os calçados, 2%, e, como prova de que criança não gosta mesmo de ganhar roupas, apesar de as mesmas figurarem entre os principais presentes a serem comprados pelos adultos, nenhuma das entrevistadas manifestou o interesse em ganhar tais presentes nesta data comemorativa.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Prefeitura quer novas regras para a exploração do serviço funerário

27/04/2017

A Prefeitura de Anápolis vai criar novas regras para a exploração do serviço funerário. As atuais são consideradas obso...

Membros do Conselho da Juventude empossados em concorrida solenidade

27/04/2017

Aconteceu na manhã da última terça-feira, 25, no miniauditório da Prefeitura de Anápolis, a posse dos membros do Conselh...

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....