(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Galeria faz exposição de obras consagradas

Cultura Comentários 06 de setembro de 2018

Exposição reúne os principais nomes que marcaram a história artística da cidade


Quase meio século das artes plásticas é o tema da exposição Artistas que contam a nossa história, que se encontra na Galeria Antônio Sibasolly, unidade vinculada à Secretaria Municipal de Cultura. A mostra, aberta ao público até o dia 28 de setembro, apresenta um recorte temporal que vai da década de 1970 ao início dos anos 2000. As obras selecionadas – 28 no total e de oito artistas - pertencem ao acervo do Museu de Artes Plásticas de Anápolis (Mapa). A entrada é gratuita e livre para todas as idades.
Artistas que contam a nossa históriatraz um apanhado de diferentes técnicas e poéticas em suportes bidimensionais (pintura e desenho) e tridimensionais (escultura). Entre os trabalhos estão os de Antônio Sibasolly, Oswaldo Verano e José Rodrigues Loures, que já faleceram, porém estão homenageados com os nomes das principais instituições e espaços de arte, respectivamente, a Galeria, a Escola de Artes e Sala de Exposições do Mapa.
“Esta foi a primeira geração que contribuiu para dar visibilidade às artes plásticas em Anápolis”, destaca o gerente de projetos e curadoria de artes visuais da Secretaria de Cultura, Paulo Henrique Silva.
Os outros artistas que acompanham e dão vida a esta história das artes visuais em Anápolis são Napefi, Isaac Alarcão, Emanuel Sabbag, Zeneide Lucena e Silvio Morais estão ao lado dos pioneiros. “Estamos cumprindo o papel de difusão das artes plásticas e da memória, dando o acesso a toda a população a um acervo que é da cidade”, afirma Paulo Henrique Silva.

Exposições
De maneira frequente, a Galeria e o Museu têm realizado exposições movimentando os artistas anapolinos e brasileiros, bem como o público. Fundada em julho de 1982, a Galeria realiza eventos, lançamentos e exposições para a difusão dos artistas e o aumento do acesso à população anapolina. A galeria realizou, desde o início deste ano, quatro exposições com durações entre um e dois meses cada.
O Mapa foi fundado em 1989 e atualmente tem a sua sede na Praça Americano do Brasil junto ao prédio da Biblioteca Municipal Zeca Batista. O acervo é constituído de obras desde o primeiro Salão de Arte, em 1979, até iniciativas mais recentes. O acervo está constituído de 500 obras de diferentes suportes entre dimensionais, tridimensionais e digitais, sob a coordenação de Valdson Ramos. O MAPA recebe atividades relacionadas às artes plásticas como e outras atividades culturais como oficinas, visitas, performances e outras ações.

Serviço
Evento: Exposição “Artistas que contam a nossa história”
Data: até dia 28 de setembro
Local: Galeria Antônio Sibasolly – Praça Bom Jesus, Centro
Horário: 8h às 12h e 14h às 18h (expediente comercial)


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

“Drama de um doente imaginário” em cartaz

27/09/2018

Um senhor hipocondríaco decide casar sua filha com um médico para abater os custos com a sua saúde. Este é o início da ...

Uma geladeira cheia de letras e histórias

20/09/2018

Quem passa pelo Terminal Urbano já deve ter visto uma geladeira cheia de livros e revistas. A “Biblioteca Livre”, como ...

Influenciadores digitais impactam os jovens

20/09/2018

Os influenciadores estão em segundo lugar no poder de tomada de decisão na compra de um produto, perdendo apenas para amigo...

Feira literária chega com mais novidades

20/09/2018

Iniciada na quinta-feira, 20, vai até sábado, 22, a terceira edição da Feira Literária de Anápolis (3ª FLANA). Trata-s...