(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Galeria apresenta exposição do projeto Teia/Rede

Cultura Comentários 21 de maio de 2015

A mostra traz trabalhos de 16 artistas, todos produzidos a partir de oficinas ministradas pelos artistas Divino Sobral, Edney Antunes e Luiz Mauro


Acontece no sábado, 23, na Galeria de Artes Antônio Sibasolly, unidade da Secretaria Municipal de Cultura, a abertura da mostra resultante das oficinas do projeto Teia/Rede Anapolina de Artes. O trabalho, realizado com subsídios do Fundo Municipal de Cultura de Anápolis e do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, apresenta ao público o trabalho de 16 artistas. Escultura, desenho, pintura e outras linguagens se apresentam como meios para a reflexão das angústias, questionamentos e preocupações da atualidade. O evento de inauguração da exposição começa às 18h. Importante ressaltar que ela fica aberta ao público de 25 de maio a 3 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.


O idealizador do projeto e curador da mostra, Paulo Henrique Silva, afirma que o visitante vai se deparar com narrativas visuais que, em sua maioria, utilizam o corpo humano e imagens que não o representam fisicamente, mas que demarcam sua presença, reforçando a discussão que permeia a dualidade da relação sujeito e identidade. Segundo ele, nem todos os participantes das oficinas – foram 30 - produziram para a mostra, uma vez que não era pré-requisito a realização de trabalhos para exposição.


As obras apresentadas, em sua maior parte, foram feitas nos ateliês dos participantes e seguem narrativas e poéticas já desenvolvidas por eles em suas trajetórias. Os expositores são Adelaide Fontoura, Maria Alice de Oliveira, Erasmo Magéri, Fernanda Adamski, Flávia Fabiana, Glélia Aparecida Barreto, Joardo Filho, José Benedito, José Loures, Luís Sérgio, Napefi, Raísa de Sá Feitosa Cavalcante, Rei de Souza, Sílvio Morais, Talles Lopes de Oliveira, e Valdson Ramos.


Segundo Paulo Henrique, mais que oferecer aos artistas e estudantes de arte a oportunidade da troca de experiências e de vivências coletivas, a principal conquista advinda do projeto foi a de colocar em conexão artistas de gerações diferentes. São jovens estudantes de arquitetura e artistas anapolinos emergentes, artistas que marcaram época na cidade e professores da Escola de Artes Oswaldo Verano que, juntos, contribuem para fomentar a prática reflexiva da arte contemporânea em Anápolis.


E é este, justamente, o objetivo do projeto Teia/Rede Anapolina de Artes Visuais, afirma o curador. A proposta composta por duas partes, em que a primeira foi a realização de oficinas abertas à participação de artistas e estudantes de arte anapolinos e, também, de cidades próximas, que têm Anápolis como referência na difusão das artes visuais no Estado de Goiás, contou com a escalação de Divino Sobral, Luiz Mauro e Edney Antunes, profissionais de competência reconhecida no cenário nacional, para fomentar e conduzir o debate sobre a arte contemporânea e suas vertentes.


 


Serviço


Exposição do projeto Teia/Rede Anapolina de Artes Visuais


Abertura: 23 de maio


Local: Galeria de Artes Antônio Sibasolly – Praça Bom Jesus, nº 101 – Centro


Período de visitação: 25 de maio a 3 de julho, das 8h às 18h.


Mais informações: 3902-1077

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Cultura

Escola de artes oferece oficina de gravura em metais

16/11/2018

A Escola de Artes Oswaldo Verano, unidade cultural de formação mantida pela Prefeitura, vai ofertar uma oficina de aplicaç...

Monty Python chega a Anápolis pela Companhia Cotovelo, do DF

16/11/2018

A Companhia Cotovelo é uma companhia de Brasília formada por quatro integrantes que trabalham no espaço Casa dos Quatro, o...

Lei Goyazes prorroga prazo para inscrições de projetos

25/10/2018

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), por meio do Programa de Incentivo à Cultura – Lei Goyaze...

“Drama de um doente imaginário” em cartaz

27/09/2018

Um senhor hipocondríaco decide casar sua filha com um médico para abater os custos com a sua saúde. Este é o início da ...