(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Frota de veículos desacelera o crescimento

Cidade Comentários 15 de janeiro de 2016

Números que acabam de ser divulgados pelo Departamento Nacional de Trânsito, mostram que número de emplacamentos em Anápolis tem tendência de queda


A notícia é boa e ruim, ao mesmo tempo. O número de veículos emplacados em Anápolis vem desacelerando. Entre 2014 e 2015, a queda foi bastante acentuada, conforme a estatística de frota dos municípios do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), que acaba de ser divulgada.
A boa notícia é pelo fato de que essa desaceleração da frota (não houve queda) traz certo alívio, já que o trânsito na Cidade tem sido ‘uma pedra no sapato’ para o poder público e para a própria população, que tem de enfrentar, no seu cotidiano, muitos congestionamentos, sobretudo, nos chamados horários de pico, ou seja, quando as pessoas estão indo ou voltando do trabalho. O lado ruim é que essa desaceleração sinaliza que a economia, também, caminha na mesma direção e, além disso, há o impacto com o recolhimento de impostos, no caso, o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que tem uma parte revertida aos municípios. Em Goiás, os veículos novos não pagam o IPVA, mas o mesmo é cobrado a partir do segundo ano da compra.
Como foi dito, o que está ocorrendo, com base na análise dos números do DENATRAN, é uma desaceleração, não propriamente a redução da frota que, em 2015, bateu a casa de 247.077 veículos emplacados no Município. Ou seja, estamos muito perto de chegar a 250 mil veículos em circulação. E, já era para ter ultrapassado a casa dos 250 mil, não fosse o crescimento bem mais acanhado, em relação a anos anteriores. Mas, não é pouco. Considerando a população de 366.491 habitantes (estimada pelo IBGE, 2015), há uma proporção de 0,67 veículos/habitante.
Do total de veículos emplacados em Anápolis em 2015, temos: 123.486 automóveis de passeio; 113.063 caminhões (incluindo a categoria caminhão trator); 2.204 ônibus (incluindo a categoria de micro-ônibus); 26.462 caminhonetes/camionetas e 67.720 motos e motonetas. Os demais - e em números menores - são registros de plataformas de chassi; ciclomotor; triciclo e quadriciclo; semirreboque; sidecar; trator de esteira; trator de rodas, utilitários, dentre outros.
De 2009 para 2010, aconteceu o maior crescimento nominal da frota de veículos de Anápolis. Era de 145.848 e aumentou para 172.013, ou seja, 26.165 veículos a mais emplacados no Município. De 2010 para 2011, a frota foi de 172.013 para 191.271, (acréscimo de 19.258); de 2011 para 2012, foi de 191.271 para 209.177 (acréscimo de 17.846); de 2012 para 2013, de 209.117 para 226.049 (acréscimo de 16.932); de 2013 para 2014, de 226.049 para 240.168 (acréscimo de 14.119); de 2014 para 2015, foi de 240.168 para 247.077 (acréscimo de apenas 6.909).
Pelos números apresentados dá para notar que, embora o aumento da frota tenha ocorrido em todos os anos, de 2009 para cá, esse crescimento vem perdendo fôlego e, no ano passado, houve o pior desempenho. Contudo, há que se considerar, também, que no período de 2005 a 2015, a frota de Anápolis cresceu nada menos que 154,16% aproximadamente, saltando de 97.211 para 247.077. Nominalmente, o crescimento foi de 149.866.

Maiores e menores
As 10 maiores frotas, entre os municípios goianos, segundo o DENATRAN, são: Goiânia (1.103.424 veículos); Aparecida de Goiânia (256.966); Anápolis (247.077); Rio Verde (125.194); Itumbiara (77.776); Catalão (73.708); Formosa (68.905); Jataí (67.846); Luziânia (59.629) e Caldas Novas (55.974).
As 10 menores frotas, por outro lado, também, conforme os números do DENATRAN, são: Mimoso de Goiás (327); Baliza (390); Sítio D´Abadia (447); Teresina de Goiás (449); Lagoa Santa (451); Guarinos (455); Santa Rita do Novo Destino (481); Anhanguera (486); Cachoeira de Goiás (500) e Nova Roma (523).
A frota do Estado de Goiás, em 2015, fechou em 3.545.533 veículos, sendo: 1.680.613 automóveis; 135.234 (caminhão\caminhão trator); 404.137 caminhonete/camioneta; 1.060.781 motocicletas/motonetas; 30.419 Ônibus/micro-ônibus.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis tem novos comendadores

20/07/2017

A Comenda “Gomes de Sousa Ramos”, maior honraria instituída pelo Município, foi entregue a personalidade de diversos se...

Monumentos históricos de Anápolis completam 60 anos

13/07/2017

Ignorados por grande parte da população e, até, pelas autoridades governamentais, dois monumentos que ficam no centro de A...

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...