(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Fim de problemas crônicos em bairros

Infraestrutura Comentários 30 de janeiro de 2010

Na Rua José Martins de Brito, no Residencial Pedro Ludovico, a travessia do Córrego das Antas era feita por meio de uma tábua, colocando em risco os moradores daquela região


A Prefeitura entregou à comunidade, na última quinta-feira, 28, três obras de infra-estrutura consideradas essenciais. “São obras há muito esperadas pela população há quase 20 anos e, para nós, é importante resgatar esse compromisso e fazer com que as pessoas sintam que o dinheiro pago em impostos está sendo revertido em benefícios para a coletividade”, ressaltou o Prefeito Antônio Gomide, ao fazer uma visita à passagem da Rua Martins de Brito, agora um ponto de ligação entre o residencial Pedro Ludovico e o Parque das Primaveras.
Morador no local há mais de 15 anos, o agricultor Osvaldo Antônio da Silva relatou que a travessia ao Córrego das Antas era feita por uma “pinguela”, o que colocava em risco as pessoas, principalmente crianças, que necessitavam transitar de um lado para o outro para ir à escola. “Nós tínhamos uma situação muito difícil aqui, fizemos vários abaixo-assinados, levamos aos prefeitos e nunca resolveram. A gente já nem acreditava mais”, narrou Osvaldo.
Além da passagem na Rua José Martins de Brito, foram ainda entregues a passagem do Parque das Nações em ligação com o Jardim Santana e a galeria de águas pluviais das ruas Larga e L, nos bairros São Joaquim e Novo Paraíso, respectivamente. O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Clodoveu Reis Pereira, disse que as obras tiveram início em agosto do ano passado, mas sofreram interrupções devido à chegada antecipada das chuvas.
De acordo com o secretário, nos próximos dias devem ser concluídas outras obras importantes, como a ponte da Avenida Fayad Hanna, no centro e, da Rua Pérola, Jardim Ana Paula. Na primeira, os serviços estão quase concluídos, necessitando a colocação do piso. Na Rua Pérola, ele salientou que deve demorar mais alguns dias, pois necessita-se de uma estiagem maior para que o serviço fique bem feito.
O prefeito Antônio Gomide destacou se tratar de investimentos importantes que estão sendo feitos com recursos do próprio Tesouro Municipal. Nas três obras, o valor gasto foi de R$ 1,5 milhão. Ele disse, ainda, que a cidade tem muitas demandas, somente passagens, são 40 que necessitam de reparos. “Mas nós temos que fazer com que as receitas sejam suficientes, porque a cidade necessita de investimentos e essas obras são ações concretas em prol da nossa população”, frisou.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Infraestrutura

Secretaria fiscaliza queda brusca de vazão no Ribeirão Piancó

28/09/2017

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos está encaminha...

Drenagem urbana é um grande desafio para a gestão pública

28/09/2017

Durante encontro com empresários na Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), ocorrido na noite da última qu...

Plano para recuperar estradas

14/09/2017

Para dar garantias de que, no período chuvoso, as estradas vicinais estarão em boas condições de escoamento da produção...

Antigas erosões são combatidas em vários setores

31/08/2017

Enquanto vários projetos estão aguardando a aprovação junto ao governo federal, a Prefeitura de Anápolis, com recursos p...