(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Festival de inverno cancelado

Contexto Jurídico Comentários 03 de setembro de 2010

O Fórum de Desenvolvimento Anápolis é Tudo de Bom, distribuiu uma nota comunicando, oficialmente, que não mais será realizada a quinta edição do Festival de Inverno no ano de 2010.


O Fórum de Desenvolvimento Anápolis é Tudo de Bom, distribuiu uma nota comunicando, oficialmente, que não mais será realizada a quinta edição do Festival de Inverno no ano de 2010. Segundo o comunicado, o motivo do cancelamento foi devido à falta de recursos que deveriam ser repassados pelo Governo de Goiás.
“Agradecemos a confiança depositada por todos os parceiros – entre eles, a Prefeitura Municipal de Anápolis, SEBRAE em Goiás, CDL, Caixa, Petrobras, Senac e Isoeste - bem como de todos artesãos e profissionais da área gastronômica que, como nós, acreditam que o Festival é a mais fiel expressão de “tudo de bom” que acontece em nosso município e o melhor palco de divulgação dos talentos anapolinos”, destaca o comunicado.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Contexto Jurídico

Divórcio: Como fica a partilha do imóvel financiado?

14/09/2018

Este é um questionamento frequente entre os casais que decidem se separar antes da quitação de um financiamento bancário....

A interpretação de contratos coligados, uma análise do tema

06/09/2018

Contratos coligados são definidos como: “os que, embora distintos, estão ligados por uma cláusula acessória, implícita...

Sobre Tributos e a Não Vinculação dos Impostos

30/08/2018

Quando se fala em cobrança de tributo por parte do Estado, a primeira coisa que vem a mente de muitas pessoas é somente o f...

Informações sobre Alienação do Estabelecimento Empresarial – Contrato de Trespasse são úteis para o sistema econômico

23/08/2018

É muito comum, na prática empresarial, que um empresário venda a outro uma universalidade de bens pertencentes à pessoa j...