(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Festival Anapolino de Viola abre inscrições

Cultura Comentários 16 de agosto de 2018

Interessados têm até o dia 05 de setembro para fazer o cadastro e participar


O 8º Festival Anapolino de Viola tem inscrições abertas até 05 de setembro aos músicos interessados em se apresentar no evento. Além de subir no palco de um dos mais importantes festivais de música caipira de raiz de Goiás, o artista ainda concorre a uma premiação em dinheiro. As inscrições são gratuitas e só podem ser feitas no endereço eletrônico disponibilizado no portal da Prefeitura de Anápolis. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Anápolis, juntamente com a Associação Cultural Motriz, com recursos do Fundo de Arte e Cultura de Goiás 2017.
O Festival Anapolino de Viola é destinado a duplas e cantores solo de música caipira. A apresentação competitiva tem duas categorias: música autoral inédita e interpretação. É obrigatório que o cantor solo se apresente com uma viola de dez cordas. No caso de dupla, também é preciso que pelo menos um músico utilize o instrumento – o outro pode tocar com um violão.
Entre os inscritos, a Comissão de Seleção e Premiação irá escolher 20 músicas, que serão apresentadas pelos artistas no dia 28 de setembro – primeiro dia do evento. Dez serão selecionados para a final no sábado, dia 29 de setembro. Daí sairão os seis premiados – três em cada categoria – para abrir o show de encerramento do festival, no domingo, dia 30 de setembro.
O Festival Anapolino de Viola será encerrado com apresentações de Marcus Biancardini e da dupla Zé Mulato e Cassiano. Goianiense, Biancardini é hoje um dos violeiros mais importantes e inventivos do Brasil ou, como ele se auto-intitula, um “concertista de viola”. Já os mineiros radicados em Brasília Zé Mulato e Cassiano representam a música de raiz caipira produzida no interior do Brasil, com mais de 40 anos de estrada e diversos prêmios nacionais.
O secretário municipal de Cultura, Erivelson Borges, ressalta essas duas vertentes do festival, que é abrir espaço para novos talentos e proporcionar ao público shows de nomes importantes da música caipira de raiz. “A viola, um instrumento tão importante para nossas origens, é a principal atração do festival, um evento que nos surpreende positivamente a cada ano com grandes participações”, completa Erivelson.
O primeiro colocado na categoria música inédita autoral irá receber R$ 5 mil. O segundo lugar ganha R$ 3 mil e o terceiro, R$ 2 mil. Já na categoria interpretação, a premiação é a seguinte: R$ 3,5 mil (1º lugar), R$ 2,5 mil (2º lugar) e R$ 2 mil (3º lugar).
O festival também vai oferecer duas oficinas, de canto popular e aperfeiçoamento em viola caipira. As inscrições para elas serão abertas no dia 14 de setembro – ambas acontecem nos dias 29 e 30 de setembro.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Uma geladeira cheia de letras e histórias

20/09/2018

Quem passa pelo Terminal Urbano já deve ter visto uma geladeira cheia de livros e revistas. A “Biblioteca Livre”, como ...

Influenciadores digitais impactam os jovens

20/09/2018

Os influenciadores estão em segundo lugar no poder de tomada de decisão na compra de um produto, perdendo apenas para amigo...

Feira literária chega com mais novidades

20/09/2018

Iniciada na quinta-feira, 20, vai até sábado, 22, a terceira edição da Feira Literária de Anápolis (3ª FLANA). Trata-s...

Joanápolis recebe o projeto Gira Cultura

14/09/2018

O projeto Anápolis Gira Cultura tem a sua segunda edição no distrito anapolino de Joanápolis neste sábado, 15, a partir ...