(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Feira estimula empreendedorismo

Economia Comentários 11 de setembro de 2009

Durante quatro dias, os goianos terão acesso a uma ampla programação de eventos, com orientações para abrir e gerenciar os negócios. Expectativa é de um público de 30 mil pessoas


Sonho milhares de brasileiros – e também de muitos anapolinos – abrir um negócio próprio representa a possibilidade de melhoria do padrão de vida. O que não quer dizer que é um caminho mais fácil para a prosperidade. Mas, com uma boa dose de criatividade e planejamento, é possível transformar sonhos em realidade. Transportar as pessoas para o universo dos negócios é um dos objetivos da Feira do Empreendedor 2009, que acontece até domingo, no Centro de Convenções de Goiânia. (veja detalhes no anúncio da página 06)
Para este ano, o Sebrae em Goiás está investindo R$ 2 milhões. A expectativa, afirma Mara Cristina Machado Lima, gestora da Feira, é de que aproximadamente 30 mil pessoas visitem o local no período. Cerca de duas mil pessoas devem ser capacitadas em uma das oito oficinas de ‘Como Fazer’. Ao valor de R$ 10,00 por oficina, os candidatos a empresários podem escolher entre as áreas de gastronomia, audiovisual e trabalhos manuais oferecidos em 63 oficinas, cada uma com duração média de três horas, dependendo do tema. As palestras-magnas serão atrações à parte da Feira do Empreendedor 2009.
O público também poderá visitar na Feira o Espaço Negócio Modelo nas áreas do agronegócio, comércio, serviços e indústria. Há ainda: praça de alimentação, cybercafé, Palco Cultura e Negócios e brinquedoteca. Ao todo, serão 175 eventos simultâneos nos quatro dias de programação.

Referencial de Negócios
O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/GO) irá publicar, como uma das principais atrações da Feira do Empreendedor 2009, o Referencial de Negócios em Goiás. O estudo apresenta potencialidades de investimentos e contempla a análise de tendências econômicas e demográficas, determinantes de consumo, a oferta de serviços e o potencial de demanda em 10 regiões do Estado.
A publicação contempla 95 atividades empresariais, que foram classificadas como sendo de alto, médio e baixo potencial. Deste total, 32 oportunidades são apresentadas por meio de fichas técnicas.
O levantamento ocorreu entre os dias 9 de fevereiro e 11 de março deste ano. Neste período, pesquisadores percorreram 8.852km do Estado, coletando 4.831 entrevistas. A metodologia levou em consideração a aplicação de questionários em domicílios e empresas, identificando o índice de consumo, grau de satisfação e potencialidade de consumo futuro dos produtos e serviços.

Serviço:
Feira do Empreendedor 2009
10 a 13 de setembro de 2009 – das 12h às 22h
Centro de Convenções de Goiânia (GO)
Hot site: www.sebraego.com.br/feiradoempreendedor
Agência Sebrae de Notícias (ASN Goiás): (62) 3250-2268
asn@sebraego.com.br – www.sebraego.com.br

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Metade do ano não foi boa para os negócios internacionais em Goiás

19/07/2018

Não foi dos melhores o fechamento do semestre da balança comercial de Anápolis. Os dados, que acabam de ser divulgados pel...

Exportações goianas batem recorde em seis meses

12/07/2018

Uma boa notícia para a economia de Goiás. As exportações do Estado, no primeiro semestre deste ano, bateram recorde e som...

Preço do combustível cai em Goiás e derruba pauta do ICMS

12/07/2018

Informações da Secretaria Estadual da Fazenda dão conta de que houve queda no valor médio dos combustíveis praticado nos...

Anapolinos pagam menos pela cesta básica, segundo o PROCON

05/07/2018

O custo médio da cesta básica em Anápolis apresentou redução de 5,9% em um mês, de acordo com levantamento apresentado ...