(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Fazenda: Delegacia de Anápolis ganhará reforma

Cidade Comentários 23 de julho de 2015

Anúncio foi feito pela secretária da Pasta, Ana Carla Abrão Costa, durante solenidade de lançamento do Batalhão Fazendário


A Delegacia de Fiscalização de Anápolis da Receita Estatual, irá passar por melhorias. O anúncio foi feito pela titular da Fazenda, Ana Carla Abrão Costa, durante solenidade realizada na última terça-feira,21, em que o Governador Marconi Perillo assinou dois termos de cooperação,  um com o Ministério Público, que passará a integrar o Grupo de Proteção à Ordem Tributária (GPROT), e outro criando o Batalhão Fazendário da Polícia Militar. Na mesma solenidade, Marconi assinou a ordem de serviço para a execução de melhorias nas Delegacias Regionais de Fiscalização e Agências Fazendárias. A solenidade aconteceu no auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico.


A secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão Costa, que preparou a agenda de trabalho, diz que o contribuinte será beneficiado especialmente pelo projeto de modernização da Secretaria, que será executado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em 25 cidades que sediam delegacias e agenfas fazendárias. “A intenção é melhorar o atendimento ao contribuinte e também ao próprio servidor”, afirma ao adiantar que as mudanças começam em agosto e se estendem até meados de 2017.


O termo de cooperação técnica entre o Ministério Público e o Governo de Goiás tem por objetivo combater a sonegação fiscal e os demais crimes contra a ordem tributária, promovendo a integração do MP ao Grupo de Proteção à Ordem Tributária (GPROT). O grupo será composto pelas Secretarias da Fazenda (Sefaz), de Gestão e Planejamento (Segplan), da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSP) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE), cada uma delas com um papel específico.


Cabe ao Ministério Púbico intensificar medidas judiciais, de natureza cível e criminal em defesa da ordem tributária, compartilhar recursos e informações, por meio de sua área de inteligência, estimular as Promotorias de Justiça a incrementarem a atuação em crimes contra a ordem tributária e designar promotores para a realização de investigação e operações. Todas as ações visam combater a sonegação fiscal.


A Sefaz vai disponibilizar aos parceiros do grupo acesso a seus bancos de dados, com informações de cadastro, processo administrativo tributário e do contribuinte, designar auditores fiscais para operações conjuntas e intensificar a representação fiscal para fins penais.


 


Batalhão Fazendário


O termo de cooperação entre a Sefaz e a Secretaria de Segurança Pública, com o aval do governador, permite a criação do Batalhão de Polícia Militar Fazendária/BPMFAZ, com o objetivo de executar os serviços de policiamento preventivo e repressivo nas operações especializadas de fiscalização e controle de trânsito em apoio às ações de fiscalização de tributos estaduais. O batalhão será responsável pela segurança dos auditores fiscais e servidores da Fazenda nas operações de cobrança dos tributos estaduais.


 


O planejamento das operações do novo batalhão, que vai funcionar no prédio que abriga o Conselho Administrativo Tributário (CAT), no Setor Leste Vila Nova, será feito pelas duas Secretarias. O termo de acordo tem duração de 60 meses, podendo ser prorrogado.


 


Modernização


No programa de melhorias nas estruturas físicas e de equipamento da Sefaz serão beneficiadas as unidades fazendárias de 25 cidades. As obras preveem reformas nos prédios, aquisição de equipamentos de informática, mobiliário e visualização das fachadas. Em Goiânia será reformado o posto da agenfa que funciona no Parque Agropecuário, na Nova Vila, as agenfas de Abadia de Goiás, Araçu, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Petrolina e Trindade, cidades que fazem parte da unidade fazendária da Capital.


As unidades fazendárias de Goianésia, Goiás, Porangatu e Anápolis também serão reformadas. A modernização inclui também a agenfa de Silvânia, ligada a Anápolis. No Sudoeste serão reformadas as sedes das delegacias de Jataí e Rio Verde e as agenfas de São Simão, Quirinópolis, Acreúna e Mineiros.


A reforma vai beneficiar também as unidades fazendárias de Morrinhos, Luziânia e Formosa e as agenfas de Pires do Rio, Cristalina, Posse e Silvânia. As melhorias estão avaliadas em R$ 1,9 milhão com financiamento do BID.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...