(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Falta de chuvas começa a preocupar a SANEAGO

Cidade Comentários 07 de fevereiro de 2014

Situação ainda está sob controle, mas caso a estiagem se prolongue, há riscos de faltar água nas torneiras


As previsões de, praticamente, todos os institutos de meteorologia apontam que somente depois do dia 13 é que a região de Anápolis terá de volta a regularidade das chuvas. Até lá, estima-se que ocorrerão algumas pancadas de chuvas, porém, sem maior consistência. Com isso, aumenta a preocupação quanto à possibilidade de desabastecimento de água potável, tendo em vista a elevação do consumo e a dificuldade em se acondicionar maiores volumes nos reservatórios.
A Gerente da SANEAGO em Anápolis, engenheira Tânia Valeriano, informou que a maior preocupação é que, com o prolongamento do período de estiagem, os produtores rurais que trabalham com lavouras irrigadas na bacia do Ribeirão Piancó, de onde procede a maior carga para abastecer a Cidade, passem a utilizar, cada vez mais, a água para a manutenção de seus plantios. Caso isso, de fato, venha a ocorrer, poderá faltar água nos reservatórios de onde é captada a água, tanto no Ribeirão Piancó, quanto no Córrego Anicuns, que é uma espécie de reserva do primeiro.
Além disso, a gerente da SANEAGO informou que tanto o sistema Piancó, quanto o do Distrito Agro Industrial de Anápolis, que fornece água para mais de 20 bairros das regiões Leste e Oeste da Cidade, são de capacidade regular, não podendo acumular grandes quantidades de água. Mas, de acordo com a engenheira Tânia Valeriano, os reservatórios de água tratada espalhados por diversos pontos da Cidade estão com o nível satisfatório e, somente um problema técnico de maior gravidade é que colocaria o abastecimento em risco. Além disso, no mais tardar em abril será feita a interligação do sistema que permitirá dobrar a capacidade de bombeamento da água do Sistema Piancó para a Estação de Tratamento do Jardim das Américas, o que significará uma maior oferta de água para a região urbana.

Preocupação.
Para a gerente da SANEAGO, caso a estiagem continue por um tempo maior, é preciso que se adotem providências no sentido de se economizar água. Para ela, com o calor e a falta de chuvas, a tendência é que o consumo aumente, inclusive nas chamadas tarefas domésticas, como lavagem de quintais, irrigação de jardins, e outros procedimentos feitos com água tratada, por sinal, atitudes condenáveis e ecologicamente incorretas.
A falta de chuvas afeta, ainda, o setor rural, com a diminuição de pastagens e aguadas para os rebanhos. Em várias propriedades já se faz uso da ração industrializada, uma vez que o capim natural está seco, não sendo suficiente para a alimentação satisfatória dos animais. Também, o setor de hortaliças sofre com a falta de chuvas, reflexo que pode ser sentido nas feiras livres e nos estabelecimentos que comercializam hortifrutigranjeiros. Muitos produtos já aumentaram de preço nos últimos dias, devido, justamente, à oferta que diminuiu.
De acordo com os institutos meteorológicos consultados, nesta sexta-feira, 08, podem ocorre pequenas pancadas de chuvas em locais isolados na região de Anápolis. O final de semana, também, não sinaliza para chuvas mais consistentes, o que deverá ocorrer, somente, no começo da segunda quinzena de fevereiro. Até lá, a recomendação é para que se faça o uso comedido e racional da água tratada.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...