(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Exportações atingem recorde em série histórica

Economia Comentários 30 de agosto de 2013

Anápolis, hoje, concentra quase 10% das empresas exportadoras de Goiás e ocupa o 143º lugar no ranking nacional dos municípios que vende para o exterior


As exportações feitas por Anápolis registraram, no mês de julho, recorde no volume de negócios na série histórica (desde que o indicador passou a ser divulgado no ano de 2000 pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior-MDIC). As vendas externas somaram US$ 47,6 milhões. Já as importações, no mesmo mês, tiveram um volume de US$ 159,3 milhões, que foi o desempenho mais fraco nestes sete meses do ano.
O bom desempenho do mês de julho fez com que Anápolis ganhasse 17 posições no ranking nacional entre os municípios exportadores, saindo da 160ª. para a 143ª posição. Em relação às importações, o Município caiu uma posição, ou seja, de 23º para 24º. A liderança do ranking dos municípios exportadores ficou com a cidade de Parauapebas (PA), que atingiu um volume de vendas externas de U$ 5,271 bilhões, seguido por São Paulo, com volume de US$ 5,201 bilhões. Em Goiás, a melhor colocação neste ranking, no mês de julho, ficou com Luziânia, ocupando a 99ª. posição, com volume de US$ 307 milhões. Anápolis aparece em sétimo lugar, com US$ 154,4 milhões, mas é líder disparado no ranking dos maiores importadores goianos, com US$ 1,419 bilhão em volume de compras externas. O município brasileiro que mais importou foi São Sebastião (SP), registrando volume de US$ 8,697 bilhões e em segundo vem Manaus (AM), com volume de US$ 7,933 bilhões.
No período de janeiro a julho deste ano, o volume de exportações atingiu US$ 159,4 milhões, com acréscimo de 24,72% em relação ao mesmo período do ano passado, que fechou em US$ 127,8 milhões. As importações tiveram um acréscimo pequeno, de apenas 5,05% na avaliação do período. Nos sete primeiros meses do ano o volume de compras externas foi de US$ 1,419 bilhão, contra US$ 1,351 bilhão de 2012.
Outro dado interessante é que das 243 empresas exportadoras de Goiás, segundo dados de 2012 da Secretaria de Comércio Exterior do MDIC, 23 são de Anápolis, ou seja, quase 10%. A classificação conta com 24 empresas que exportam na faixa de valor acima de US$ 50 milhões, sendo duas delas do Município. Em 2002, Anápolis tinha 10 empresas exportadoras, de um total de 146 existentes no Estado. Desse total, apenas 03 exportavam na faixa acima de US$ 50 milhões e nenhuma, nesse grupo, era de Anápolis.

Parceiros
Neste ano, de janeiro a julho, os principais mercados de destino das exportações feitas por Anápolis, são: Países Baixos-Holanda (61,97% de participação); Alemanha (12,74%); China (6,93%), Coréia do Sul (5,36%); França (4,50%); Hong Kong (2,72%); Ilhas Cayman (2,45%); Cuba (0,62%); Eslovênia (0,34%) e Argentina (0,34%). Os principais fornecedores internacionais são: Coréia do Sul (35,08% de participação); Alemanha (22,33%); Estados Unidos (14,20%); Suíça (8,91%); China (4,50%); Índia (2,87%); Japão (1,79%); Canadá (1,73%); México (1,51%) e Itália (1,44%).
A pauta das exportações feitas por Anápolis tem como principal produto a soja e derivados, além de medicamentos e carnes. Já as importações são, principalmente, veículos, peças e componentes e de insumos farmacêuticos.

Evolução das exportações de Anápolis
Em US$

2000 - 322.800
2001 - 2.959.705
2002 - 621.817
2003 - 2.655.868
2004 - 14.307.801
2005 - 38.755.971
2006 - 47.971.545
2007 - 36.958.163
2008 - 17.038.234
2009 - 68.157.340
2010 - 51.441.404
2011 - 239.098.987
2012 - 245.777.146
2013 (*) - 159.455.161
*Dados parciais, janeiro a julho de 2013-08-27

Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)Secretaria de Comércio Exterior (Secex)

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Ministério Público quer implantar nova tecnologia para monitorar os preços dos combustíveis

21/09/2017

O projeto MP de Olho na Bomba, desenvolvido pelo Ministério Público de Goiás em parceria com o governo estadual com o obje...

Preços dos combustíveis variam até mais de 36% nos postos

21/09/2017

O Procon de Anápolis realizou, entre os dias 12 e 14 de setembro, pesquisa para aferir a variação de preços dos combustí...

Balança comercial registra o 44º superávit consecutivo

21/09/2017

O secretário de Desenvolvimento (SED), Francisco Pontes comemorou na última quarta-feira, 13, o resultado da balança comer...

Anápolis é a cidade do Estado com mais vagas de emprego

21/09/2017

O Sistema Nacional de Emprego é uma instituição criada pelo Governo Federal, com objetivo de promover a interação entre ...