(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Exercícios noturnos para uma vida mais saudável

Saúde Comentários 14 de junho de 2013

Com a correria do dia a dia e a falta de tempo muitos optam por fazer exercícios físicos à noite ou até mesmo na madrugada


Com a correria do dia a dia e a falta de tempo muitos optam por fazer exercícios físicos à noite ou até mesmo na madrugada. Mas os praticantes de exercícios nesses horários devem tomar alguns cuidados para não prejudicar o sistema imunológico.
O fisiologista Paulo Roberto Silva, da área de medicina esportiva do Instituto de Ortopedia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, disse que os exercícios controlados são sempre bons à saúde, desde que o sono esteja em dia e uma boa alimentação tenha sido feita.
Segundo o especialista, a falta de tempo tem atraído clientes às academias que funcionam 24 horas e, por isso, faz um alerta. "Sem uma noite de sono reparadora, a sobrecarga de estresse acumulada no dia e o esforço gerado pelos exercícios físicos vão prejudicar o sistema imunológico", afirmou.
O fisiologista afirma que, ao mesmo tempo em que há um aumento no número de inscrições para esse período de treinamento, o número de desistências também é relevante.
"Pelos desequilíbrios causados pela falta de sono ou pela má alimentação, o corpo começa a não render como deveria. Por isso, a pessoa acaba se afastando, pois falta disposição e ânimo para desenvolver um trabalho constante", diz.
Confira dez dicas para quem faz, ou pretende começar a fazer, atividades nesse período:
1) Comece as atividades devagar.
2) Nunca pratique exercícios em jejum.
3) Antes e depois da prática é preciso ingerir alimentos, porém em pouca quantidade. Por isso, o ideal é durante o dia ter uma boa base alimentar.
4) Se for jantar é preciso fazer a refeição três ou quatro horas antes dos exercícios.
5) Se ingerir apenas um lanche, pode esperar apenas uma hora antes da prática.
6) Alimentos que contenham zinco, como arroz, maçã, melão, morango, cereais integrais, castanha e chás, são fundamentais para quem vai se exercitar após o trabalho, pois eles ajudam a diminuir a quantidade de cortisol, o hormônio ligado ao estresse humano e que, em excesso no organismo, afeta principalmente o coração.
7) É preciso dormir de 7 a 12 horas por dia. Por isso, programe-se para que a prática de exercícios não substitua horas de sono.
8) Uma dieta com carboidratos evita fadigas precoces e lesões musculares.
9) O ideal é consumir até 30g de carboidratos antes de praticar exercícios, como cereal integral, pão integral, barrinha de cereal.
10) Antes de ir academia não é recomendável ingerir muita fibra, pois dificulta a digestão.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Fake News prejudica campanhas na saúde

20/09/2018

Ao mesmo tempo que aproximam as pessoas, aplicativos de troca de mensagens e redes sociais fazem parte do cenário que impede...

Notificações de dengue e suas complicações caem em Anápolis

20/09/2018

Anápolis, segundo dados do boletim epidemiológico da dengue divulgado pela secretaria estadual da Saúde (SES-GO), está na...

Campanha de imunização tem como alvo pré-adolescentes e adolescentes

14/09/2018

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), por meio da Gerência de Imunização e Rede de Frio, realiza em setembr...

Campanha contra sarampo e pólio termina sábado

30/08/2018

A campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil termina neste sábado, dia 1º de setembro, com um reforço...