(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ex-secretária da Saúde nega irregularidades em sua gestão

Cidade Comentários 24 de junho de 2011

Irani Ribeiro, que assumiu cargo em fevereiro de 2009, desconheceu a existência de irregularidades na Pasta, sobretudo, com relação a compra de remédios que não teriam sido entregues


A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga possíveis irregularidades durante o último ano de mandato do ex-governador Alcides Rodrigues recebeu na quarta-feira, 22, a ex-secretária de Estado da Saúde, Irani Ribeiro. Hoje secretária municipal da pasta em Anápolis, a médica informou que houve esforço conjunto para que as vinculações constitucionais para a pasta fossem integralmente cumpridas.
Irani Ribeiro também disse que as decisões judiciais favoráveis à concessão de medicamentos de alto custo, que não constam da relação especificada pelo Sistema Único de Saúde, provocaram dificuldades orçamentárias. A gestora afirmou ainda que recursos federais para a Saúde acabaram sendo devolvidos por causa da excessiva burocracia na tramitação dos processos.
Irani destacou a importância da regulação como ferramenta de gestão para garantir o acesso do paciente ao tratamento. Segundo ela, o Ministério de Saúde mantém sistema de regulação para que Estados que atendem pacientes de outras unidades federativas recebam compensação.
A ex-secretária estadual de Saúde afirmou ainda que, em 2009, o governo cumpriu o porcentual de 12% determinado pela Constituição Federal, mas que em 2010 o porcentual foi cumprido com ressalvas do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ela informou não ter conhecimento sobre compras de medicamentos de alto custo que não teriam sido entregues à Secretaria de Saúde nem tampouco sabe sobre irregularidades em licitações realizadas pela Pasta. "Qualquer suspeita eu abria sindicância", afirmou.
Está prevista para a próxima terça-feira, 28, a oitiva do atual presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), Jayme Rincon. O depoimento será realizado às 9 horas, no auditório Solon Amaral.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...