(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Esquadrão orienta sobre DSTs/Aids

Saúde Comentários 19 de junho de 2009

Grupo, que atua em diversos locais na periferia da cidade, revela preocupação com dois graves problemas: a gravidez precoce e o uso indevido de estimulantes sexuais


Há cerca de oito meses, um grupo de jovens anapolinos decidiu ajudar pessoas, através do voluntariado, levando informações às escolas, igrejas, empresas e outros locais, sobre temas como doenças sexualmente transmissíveis (DSTs/Aids), orientação em métodos contraceptivos e prevenção da gravidez precoce. O Esquadrão da Saúde, como foi denominado, hoje procura ampliar o leque de parcerias com o objetivo de ampliar as ações, principalmente, junto às comunidades de menor poder aquisitivo.
O grupo conta hoje com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, que tem dado suporte para a realização de palestras. Como não há fins lucrativos na iniciativa, todo tipo de ajuda é bem vinda, desde patrocínio para material educativo impresso até camisetas que possam divulgar os eventos e o próprio trabalho dos voluntários. Mais recentemente, foram celebradas parcerias com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Química e a empresa Apocalypse Suprimento de Informática.
Aceitação
De acordo com o enfermeiro Uslei de Almeida Cipriano, um dos integrantes do Esquadrão da Saúde, a receptividade ao trabalho tem superado as expectativas principalmente em relação aos jovens que dispõem de poucas informações sofre os temas enfocados nos encontros. Justamente a falta de informação, talvez seja o fator decisivo de uma constatação preocupante: o grande número de adolescentes grávidas. O que, de acordo com Uslei, reforça a necessidade do apoio educativo que, muitas vezes, não é oferecido nas escolas por falta de estrutura, material adequado ou pessoal preparado para repassar informações aos jovens.
O público-alvo do Esquadrão da Saúde está na faixa etária de 12 a 19 anos. “Mas também trabalhamos com adultos nas empresas e no EJA (Educação de Jovens e Adultos)”, enfatizou Uslei. As palestras/debates são ministradas com temas específicos para cada grupo de participantes, com suporte de data-show, retroprojetor, cartazes e folders. “Tudo o que conseguimos disponibilizar de recursos, colocamos à disposição para tornar o trabalho mais interativo”, disse.
Medicamentos
Além da gravidez precoce, Uslei aponta outros problemas graves tem sido observados e relatados no contato com os jovens. Entre eles o uso indevido de estimulantes sexuais, como o Viagra, medicamento que deveriam ser utilizados apenas sob acompanhamento médico para tratamento de disfunção erétil e combate à impotência sexual masculina. Pior, não se tendo conhecimento sobre a origem desses medicamentos, os quais estariam sendo consumidos em festas. Esse uso incorreto, alertou o integrante do Esquadrão da Saúde, pode resultar em problemas graves para quem esteja fazendo o uso sem necessidade e o devido acompanhamento. Por isso - reforça - é importante cada vez mais trabalhar a educação dos jovens para que os mesmos fiquem menos vulneráveis às várias doenças que podem ser transmitidas durante o relacionamento sexual, não apenas a Aids, e também outros cuidados que devem ser observados em relação a medicamentos, higiene pessoal, dentre outros temas fundamentais.
A Organização das Nações Unidas (ONU), em 1968 declarou e reconheceu o planejamento familiar como um direito básico do ser humano. Esse direito é reconhecido em vários paises, inclusive no Brasil, sendo respaldado pela Constituição de 1988, artigo 226, parágrafo 7º.



Serviço
Integrantes do Esquadrão da Saúde

Enfermeiros
Uslei de Almeida Cipriano
Valdeir Leite dos Santos
Aline Graziely M. de Souza
Wesley Antonio Carlos da Silva
Mônica Soares
Rosa Maria Aguiar Brito

Bióloga
Fabiana Leite Pereira de Sousa

Contatos
(062) 9149-8463 Usley/ (062) 8545-3639 Valdeir

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Mudanças no programa Farmácia Popular preocupam vereadores

22/06/2017

O Vereador Antônio Gomide (PT) falou na tribuna, na última segunda-feira, 19, sobre o possível fechamento da Farmácia Pop...

Município anuncia importantes reformulações na área da saúde

15/06/2017

Uma das áreas mais sensíveis da Administração, a pasta da Saúde, tem desafios que extrapolam os limites do Município. P...

Anvisa ouve reivindicações dos laboratórios goianos

15/06/2017

Anápolis recebeu, no último dia 09, a presença do médico sanitarista e epidemiologista, Jarbas Barbosa da Silva Júnior, ...

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...