(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Especialista alerta sobre cuidados ao se fazer uma cirurgia plástica

Saúde Comentários 16 de fevereiro de 2017

Médico Carlos Rebello, da Clínica The First, dá dicas importantes para as pessoas que necessitam fazer a operação


Sonho de consumo de muitos brasileiros, a cirurgia plástica pode ser feita para fins estéticos ou reparadores. O Brasil é um dos países com maior número de intervenções do gênero, e também considerado referência mundial na área.
Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) mostram que são realizadas cerca de 700 mil cirurgias anualmente no país, e dessas 73% são de ordem estética. Contudo, vemos denúncias sobre pessoas insatisfeitas ao se submeterem a cirurgias plásticas.
E, como a cada dia mais pessoas querem melhorar a estética e se apresentarem mais jovens, optam pela cirurgia plástica; quanto mais informações, mais chances de evitar danos à saúde e a vida.
O Jornal CONTEXTO esteve na Clínica The First, de propriedade do médico Carlos Eduardo Rebello, especialista em cirurgia plástica, formado há 35 anos, que há 20 anos atende a comunidade anapolina. Em entrevista, ele esclareceu alguns pontos importantes para aqueles que desejam se submeter a tal procedimento.
Em primeiro lugar, ele alerta para os cuidados básicos na contratação do serviço, observando com rigor a formação do profissional que realizará o procedimento. É muito comum que o paciente seja impressionado pelo marketing e se esqueça de checar se tal profissional tem de fato habilitação específica, além da experiência necessária. Tal informação é bem fácil de ser obtida, basta buscar no site da SBCP, no ícone: Profissionais Cadastrados, e pesquisar pelo nome do médico. O sistema dará todas as informações necessárias, tais como: endereço, especializações, inclusive, se houver alguma restrição, isso também será informado. Outra fonte de informação é a indicação de pessoas que utilizaram o serviço e foram bem sucedidas. Tal profissional saberá, não apenas realizar a cirurgia, mas também avaliará todos os exames pré-operatórios, com cuidado, pois tais documentos são essenciais para que se tenha uma ideia exata da condição clinica do paciente.
Outro fator importante, considerado pelo Dr. Carlos Eduardo Rebelo, é a estrutura física e os recursos humanos que estão sendo oferecidos. As exigências neste aspecto compreendem vários requisitos: na parte de recursos humanos, além da especialidade do médico responsável, há necessidade de se ter uma equipe bem preparada de instrumentadores, auxiliares e anestesista durante todo o procedimento; na parte física, além de um centro cirúrgico bem montado e espaço adequado, deve se ter também a disponibilidade de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para qualquer eventualidade.
O médico garante que temos, em Anápolis, todas as possibilidades de atender a demanda destes serviços. “Contamos com profissionais altamente qualificados, com especialização e atualização frequente, podendo oferecer os tratamentos de ponta aos clientes que buscam as novidades mais recentes, e estruturas físicas adequadas, com todo o suporte técnico. Sendo assim, não é necessário se deslocar a outros centros, salvo unicamente por questão de preferência”, ressalta.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Fake News prejudica campanhas na saúde

20/09/2018

Ao mesmo tempo que aproximam as pessoas, aplicativos de troca de mensagens e redes sociais fazem parte do cenário que impede...

Notificações de dengue e suas complicações caem em Anápolis

20/09/2018

Anápolis, segundo dados do boletim epidemiológico da dengue divulgado pela secretaria estadual da Saúde (SES-GO), está na...

Campanha de imunização tem como alvo pré-adolescentes e adolescentes

14/09/2018

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), por meio da Gerência de Imunização e Rede de Frio, realiza em setembr...

Campanha contra sarampo e pólio termina sábado

30/08/2018

A campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil termina neste sábado, dia 1º de setembro, com um reforço...