(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Escola Bom Samaritano dá exemplo de solidariedade com projeto social

Educação Comentários 31 de maro de 2017

Considerada uma das mais tradicionais unidades de ensino da Cidade, a Bom Samaritano vai realizar uma gincana para arrecadar alimentos e outros produtos para serem doados ao Abrigo que leva o mesmo nome e a outras entidades assistenciais


Reconhecida pela qualidade do seu ensino educacional, pelos cuidados para com a disciplina escolar, pelo respeito de seus alunos aos professores e funcionários e pelo zelo que eles têm com o patrimônio escolar e, ainda, por despertar o espírito de solidariedade no socorro aos mais necessitados, os estudantes da Escola Bom Samaritano estão dando outro exemplo de generosidade, com a realização de uma gincana com o tema “Amor em Ação”, lançada no dia 23 de março.
A gincana integra as comemorações dos 48 anos de fundação desta tradicional unidade de ensino, que funciona na Avenida Goiás 2.586, no Jardim Petrópolis, hoje conveniada com a Secretaria Estadual de Educação, através de um contrato com vigência até julho deste ano. “Nossa luta é manter esse convênio com o Estado, para que a Escola não enfrente dificuldade para continuar funcionando e desenvolver também o trabalho social que ela realiza, em benefício de entidades assistenciais que cuidam de crianças e de pessoas carentes”, disse o presidente da Associação Bom Samaritano William (Bill) Baird Fanstone, entidade mantenedora do prédio onde funciona a escola.
Ele lembrou que, hoje, a unidade oferece apenas o ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), em um único turno, depois que a Prefeitura de Anápolis não renovou um convênio com a Associação, que viabilizava, no mesmo local, o funcionamento de uma escola municipal conveniada, que oferecia ensino do 1º ao 5º ano. “Infelizmente, esse convênio com o Município não foi renovado pela administração passada”, lamenta Bill Fanstone.
Ele acredita, porém, que a Secretaria Estadual de Educação irá renovar o convênio que viabiliza o funcionamento da Escola Estadual pelos seus reconhecidos méritos educacionais, pela sua longa e histórica tradição e pela grande demanda por vagas e, ainda, pelo grande apoio e reconhecimento que tem da comunidade do Jardim Petrópolis e bairros adjacentes. Hoje, a escola funciona com, apenas, 278 alunos e se destaca, também, pelo trabalho devocional que desenvolve entre os estudantes.

ALUNOS SE MOBILIZAM E REALIZAM UMA GINCANA DO BEM
Além de integrar alunos, servidores e a comunidade, promover recreação, despertar o espírito de competição sadio e a conscientização do zelo para com o patrimônio escolar, a gincana Amor em Ação enfatiza, sobretudo, a solidariedade e a generosidade ao dedicar a maior parte do que será arrecadado ao Albergue Bom Samaritano com vistas ao suprimento de suas necessidades. Mantido, igualmente, pela Associação Bom Samaritano, há mais de 50 anos o Albergue desenvolve em Anápolis um importante trabalho social, acolhendo pessoas com vários tipos de problemas e também aquelas que passam pela Cidade e não têm condições financeiras para pagar hospedagem, comida e, até para tomar banho
Ele tem capacidade para acolher 20 homens e seis mulheres pelo período máximo de uma semana, mas em época de grande demanda, o número de pessoas acolhidas é, ainda, maior, por conta da capacidade de improvisação de sua direção. No local, as pessoas acolhidas recebem café reforçado pela manhã, jantar e hospedagem com direito a banho.
“Os alunos se sensibilizaram com as suas dificuldades financeiras, acolhendo o Albergue para ajudá-lo no trabalho social que eles desenvolvem”, disse Bill Fanstone revelando que muitos produtos alimentícios já foram arrecadados, principalmente arroz; feijão; óleo, café e leite. A diretora Karine Pedatella Silva, há treze anos trabalhando na Escola, acrescentou que outros produtos também estão sendo arrecadados pelos alunos como roupas, calçados, agasalhos e brinquedos que serão doados, juntamente com parte de produtos alimentícios, a outras instituições sociais ao final de gincana.
Ela explicou que esta gincana se enquadra nos preceitos da Escola, ao justificar que juntamente como ensino regular tem, também, a preocupação de despertar e estimular o espírito de solidariedade e de generosidade entre os alunos, no socorro aos necessitados. “E, eles têm consciência nas necessidades do Albergue Bom Samaritano e de outras instituições sociais”, acrescentou Karine Pedatella. Ela revelou, ainda, que, além da arrecadação de gêneros alimentícios e outros produtos, a gincana tem o objetivo de estimular o desenvolvimento dos pilares da educação, aprender a conviver, a fazer, a pensar, conhecer, empreender e a transcender.
Além da tarefa de arrecadar, os alunos serão submetidos a provas de conhecimentos gerais com perguntas sobre as disciplinas escolares e sobre temas da atualidade, provas relâmpagos, provas especiais e atividades com torcidas organizadas e trabalhos de manutenção e de limpeza das salas de aulas. Além destas tarefas, cada equipe terá que produzir uma letra de música para concorrer ao hino oficial da escola. Vencem a competição, as duas equipes que somarem o maior número de pontos, respectivamente em primeiro e segundo lugares.
Reconhecida pela qualidade do seu ensino educacional, pelos cuidados para com a disciplina escolar, pelo respeito de seus alunos aos professores e funcionários e pelo zelo que eles têm com o patrimônio escolar e, ainda, por despertar o espírito de solidariedade no socorro aos mais necessitados, os estudantes da Escola Bom Samaritano estão dando outro exemplo de generosidade, com a realização de uma gincana com o tema “Amor em Ação”, lançada no dia 23 de março.
A gincana integra as comemorações dos 48 anos de fundação desta tradicional unidade de ensino, que funciona na Avenida Goiás 2.586, no Jardim Petrópolis, hoje conveniada com a Secretaria Estadual de Educação, através de um contrato com vigência até julho deste ano. “Nossa luta é manter esse convênio com o Estado, para que a Escola não enfrente dificuldade para continuar funcionando e desenvolver também o trabalho social que ela realiza, em benefício de entidades assistenciais que cuidam de crianças e de pessoas carentes”, disse o presidente da Associação Bom Samaritano William (Bill) Baird Fanstone, entidade mantenedora do prédio onde funciona a escola.
Ele lembrou que, hoje, a unidade oferece apenas o ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), em um único turno, depois que a Prefeitura de Anápolis não renovou um convênio com a Associação, que viabilizava, no mesmo local, o funcionamento de uma escola municipal conveniada, que oferecia ensino do 1º ao 5º ano. “Infelizmente, esse convênio com o Município não foi renovado pela administração passada”, lamenta Bill Fanstone.
Ele acredita, porém, que a Secretaria Estadual de Educação irá renovar o convênio que viabiliza o funcionamento da Escola Estadual pelos seus reconhecidos méritos educacionais, pela sua longa e histórica tradição e pela grande demanda por vagas e, ainda, pelo grande apoio e reconhecimento que tem da comunidade do Jardim Petrópolis e bairros adjacentes. Hoje, a escola funciona com, apenas, 278 alunos e se destaca, também, pelo trabalho devocional que desenvolve entre os estudantes.

Autor(a): Ferreira Cunha

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Educação

Saúde na Escola conta com 100% de adesão em Goiás

15/03/2019

Os 246 municípios goianos se cadastraram no Programa Saúde na Escola com apoio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás ...

Institutos Federais vão formar novos agentes digitais

07/03/2019

Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) terão até 29 de março para aderir ao Programa Nacional d...

UniEVANGÉLICA amplia parcerias com as universidades estrangeiras

07/03/2019

O Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA é uma instituição que oferece várias oportunidades para que seus ...

UniEVANGÉLICA amplia parcerias com as universidades estrangeiras

07/03/2019

O Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA é uma instituição que oferece várias oportunidades para que seus ...