(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Entidade completa 65 anos e agrega programas importantes

Geral Comentários 01 de novembro de 2012

Para o Governo, dentre os vários programas, um dos destaques é o Bolsa Universitária, que já atendeu 128 mil estudantes


O governador Marconi Perillo destacou a importância da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) no atendimento à população carente de Goiás e na emancipação do cidadão, durante as comemorações dos 65 anos da entidade. Acompanhado da primeira-dama e presidente da OVG, Valéria Perillo, Marconi festejou a data no pátio da sede da organização, em Goiânia, com culto ecumênico, na última terça-feira,30.
Somente com o programa Bolsa Universitária, no ano passado foram contemplados 10 mil estudantes que não têm condições de pagar uma faculdade particular. No primeiro semestre deste ano foram oferecidas três mil bolsas, sendo mil integrais. Para o segundo semestre, a OVG abriu inscrições para mais dez mil bolsas, das quais nove mil parciais e mil integrais, para que os alunos consigam realizar o sonho de ter um diploma de curso superior. “Com isso, o programa atinge a meta de 128 mil alunos contemplados e prontos para o mercado de trabalho”, afirma o governador Marconi Perillo.
O governador destacou ainda que a primeira-dama e presidente da OVG, Valéria Perillo, tem se desdobrado no trabalho de articulação com novos parceiros, principalmente os empresários e o governo federal, em busca de recursos para as ações da OVG. “São mais de 500 instituições cadastradas que precisam do nosso apoio e de toda a sociedade”, observou.
Valéria Perillo ressaltou que, nas mais de seis décadas de existência da Organização, cada uma das primeiras-damas estaduais deu sua contribuição e que a implantação de programas de inclusão social a partir de 1999, faz a diferença na vida da população mais necessitada. Ela deu ênfase especial ao apoio dos empresários às ações desenvolvidas pela Organização. “O fortalecimento das parcerias com os empresários nos permite ajudar mais famílias que precisam. A união de forças é fundamental para que possamos cumprir a missão da OVG”, frisou.

História
A OVG foi administrada, em seus primeiros anos de existência, pela Arquidiocese de Goiás. Era um órgão de auxílio voluntário aos hospitais, maternidades, orfanatos e demais entidades de assistência social. Por determinação do então arcebispo de Goiânia, d. Fernando Gomes dos Santos, o também ex-arcebispo da capital Dom Antônio Ribeiro de Oliveira foi o responsável pela entidade durante vários anos.
Até a década de 1960, a Organização continuou sob a coordenação da Igreja Católica. Como forma de garantir mais visibilidade às ações da instituição, em 1966 a Arquidiocese de Goiânia transferiu o controle da entidade às primeiras-damas estaduais.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Lei mira a perturbação do sossego público

14/09/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) encaminhou à Câmara Municipal um projeto promovendo modificações na Lei Complementar 279/2...

Aumenta demanda por atendimento

08/09/2017

Revelados nesta segunda feira (4), pela dirigente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Eriz...

Prazo para adesão próximo de acabar

31/08/2017

Contribuintes que estão inadimplentes com a Prefeitura de Anápolis têm até o dia 14 de setembro para quitar suas dívidas...

Ação contra Carla Santillo prescreveu

31/08/2017

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) entendeu estar prescrita a ação em desfavor de Carl...