(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Energia elétrica puxa aumento da água

Cidade Comentários 28 de maro de 2013

O aumento de 6,02% foi autorizado pelo Conselho Regulador da Agência Goiana de Regulação (AGR) e vigora a partir de maio


A partir do mês de maio próximo, a conta de água e esgoto vai ficar 6,02% mais cara. O reajuste da tarifa, que ocorre anualmente, foi solicitado pela Saneago e aprovado pelo Conselho Regulador da Agência Goiana de Regulação (AGR). Em entrevista coletiva na última terça-feira,26, o presidente do Conselho Regulador da AGR, Humberto Tannus, explicou que o cálculo para se chegar ao percentual envolveu índices inflacionários como IPCA, INPC e IGPM, folha de pagamento da empresa, parte dos investimentos realizados nos últimos quatro anos e os reajustes na tarifa de energia elétrica – que corresponde a 15% do custo da água.
“Este é um reajuste anual, como ocorre a todas as tarifas. Nós reunimos o conselho regulador da AGR e, com base em dados repassados pela Saneago, chegamos a um reajuste de 6,02% - valor um pouco abaixo do que foi pleiteado pela empresa, que havia solicitado 6,05%. Este reajuste vale a partir de 1º de maio deste ano, até 30 de abril de 2014”, explicou o presidente.
Conforme Humberto Tannus, a variação do custo da energia elétrica é um dos índices que influencia diretamente o custo da água e do esgoto. Por conta disso, com a desoneração promovida pelo governo federal, novos cálculos feitos a partir do mês de maio pela AGR podem provocar uma revisão da conta de água da ordem de aproximadamente 1,5% para menos, ainda neste primeiro semestre.
“O consumidor mais atento vai lembrar que ficamos cerca de quatro anos sem aumento de energia elétrica. No entanto, ano passado a Aneel autorizou à Celg dois reajustes – em junho e setembro – que somaram um total de praticamente 40%. Esse aumento da energia provocou também uma revisão na tarifa de água de 3,15%, em dezembro, além do reajuste anual que havia ocorrido em maio, de 5,62%. Com essa medida provisória, do governo federal, que diminuiu os valores da energia elétrica desde fevereiro deste ano, nós vamos esperar dois meses (março e abril) para medir os impactos desta redução e, daí, aplicar essa mesma redução às contas de água e esgoto”, explicou.

Qualidade do serviço
Se por um lado a AGR ratificou o reajuste das tarifas de água e esgoto, por outro, a Agência exigiu da Saneago, no início deste ano, um plano emergencial buscando minimizar problemas de falta dágua no Estado. “Em virtude dos episódios ocorridos no ano passado, de falta dágua na capital e no interior do Estado, nós autuamos a Saneago em quatro processos, que estão sendo finalizados agora. Já foi dado amplo direito de defesa à empresa, os processos serão julgados pelo Conselho Regulador da AGR e, muito provavelmente, haverá cobrança de multa. Neste ano nós já notificamos a concessionária e estamos aguardando um plano emergencial para que não ocorra o mesmo em 2013, principalmente na época da seca. A AGR não vai aceitar que falte água em Goiânia, nem em outras cidades do interior do Estado”, enfatizou.

Revisão tarifária
Buscando implantar em Goiás um trabalho que só existe em São Paulo e no Distrito Federal, Humberto Tannus informou ainda que a AGR tem acompanhado o trabalho de técnicos no Distrito Federal para capacitar servidores no sentido de realizar o trabalho de revisão tarifária. Segundo ele, a revisão tarifária ocorre após longos períodos – quatro ou cinco anos – e representa uma “adequação da tarifa” a uma nova realidade, que leva em consideração, de forma detalhada, todos os investimentos feitos pela empresa no período, variantes inflacionários e folha de pagamento, entre outros.

“É um cálculo bastante complexo, que envolve muitas variantes, para o qual nós ainda estamos nos capacitando. É provável que até o final do ano tenhamos capacitado nosso pessoal para este tipo de revisão”, finalizou.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Sociedade se mobiliza para reduzir indicadores de dengue em Anápolis

22/03/2019

A Prefeitura de Anápolis lança nesta sexta-feira, 22, a campanha: “Todos em ação contra o mosquito – dengue, chikungu...

SANEAGO intimada a reparar estação de tratamento de esgoto sanitário

15/03/2019

Acatando parcialmente pedido de liminar do Ministério Público de Goiás, o juiz Carlos Eduardo Rodrigues de Sousa, da Vara ...

Moderna tecnologia é aplicada para melhorar a qualidade de vida

07/03/2019

Cada vez mais, a tecnologia se torna um grande aliado para a saúde e o bem estar das pessoas. Com isso, aumenta, também, o ...

Projeto de vereadora propõe punir com multas os “sujões” da Cidade

07/03/2019

Matéria em tramitação na Câmara Municipal quer penalizar quem descarta papéis; anúncios; invólucros, sobras de aliment...