(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Encontro político propõe oposição consistente

Política Comentários 24 de maio de 2013

Dezenas de pessoas compareceram ao ato que, praticamente, encaminha uma proposta política para o pleito eleitoral do ano que vem


Tendo como participante principal o Chefe da Casa Civil da Governadoria do Estado, Vilmar Rocha (deputado federal licenciado do PSD) aconteceu, na sexta-feira, 23, em Anápolis, um encontro que pode ter sido a deflagração de um projeto oposicionista em nível municipal. Mesmo assim, Vilmar Rocha disse que não seria este o enfoque, pois “no ano que vem, as eleições serão gerais, com a escolha de governadores, deputados, senadores e Presidente da República”. Todavia, não foi descartado o surgimento de um projeto político alinhado ao Governador Marconi Perillo, candidato natural à reeleição e, por conseguinte, os candidatos ao Senado, à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa.
O próprio Chefe da Casa Civil da Governadoria, Vilma Rocha, embora não tenha declarado abertamente, neste encontro, seria o nome indicado para concorrer à única vaga no senado da República na chapa encabeçada por Marconi Perillo. Segundo suas definições, em 2014 haverá, pelo menos, quatro candidaturas à Presidência da República. “Isto significa que, em tese, teremos, pelo menos, quatro candidatos a governador e quatro candidatos ao Senado por estado, já que os postulantes à Presidência da República precisam de estruturas regionais de apoiamento”, disse Vilmar Rocha.
Fortalecimento
O encontro em Anápolis que teve a presença de 14 dos atuais vereadores, mais empresários, lideranças comunitárias, presidentes de associações de moradores, um ex-prefeito e dezenas de outros convidados, foi marcado pela espontaneidade. O Chefe da Casa Civil demonstrou amplo conhecimento de Anápolis, sua população e parte de sua história, lembrando que estudou e trabalhou na Cidade por determinado período e que, sempre, teve uma votação razoável no Município, quando de suas várias candidaturas.
Vilmar Rocha reconheceu que o Prefeito Antônio Gomide realiza um bom trabalho à frente da Prefeitura, com muitas obras e realizações. “Mas, é preciso haver o contraponto, uma oposição responsável que possa apontar eventuais falhas e dificuldades. Isto é próprio da democracia”, alegou. Ele aproveitou para falar das realizações do Governo de Goiás em Anápolis, principalmente sobre os projetos em andamento, como o Aeroporto de Cargas, o Centro de Convenções, o repasse de R$ 08 milhões para as obras de asfalto em parceria com a Prefeitura e outros empreendimentos.
Sobre projetos políticos o Chefe da Casa Civil da Governadoria de Goiás disse que, efetivamente, as campanhas já se iniciaram de forma oficiosa, tendo em vista a necessidade de se observar o calendário eleitoral do TSE. “Mas, é inegável que os partidos e os grupos já se organizam. Conosco não é diferente. Vamos respeitar o que predispõe a Justiça Eleitoral, mas não há como impedir o avanço da discussão em torno do processo sucessório. É assim no Brasil inteiro”, justificou.
Vimar Rocha defende, também, a tese de que Anápolis, com aproximadamente 250 mil eleitores, tem todas as condições de aumentar sua representatividade política. “Podemos ter aqui, pelo menos, quatro deputados estaduais e dois federais. Basta que os partidos se organizem e façam uma proposta exequível ao eleitorado. Cidades bem menores que Anápolis têm mais parlamentares, justamente por causa disso”, justificou.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

19 prefeitos assinam filiação ao PSDB

18/08/2017

Os deputados estaduais Manoel de Oliveira (PSDB), Santana Gomes (PSL), Francisco Oliveira (PSDB), Charles Bento (PRTB), Gusta...

Fundo bilionário para patrocinar as campanhas

10/08/2017

Os deputados integrantes da comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) acabam de rejeitar um ...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...