(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Empresários e corporações vão unir esforços por melhorias

Segurança Comentários 30 de setembro de 2011

Durante reunião na Acia, foram discutidas propostas para melhorar a estrutura, principalmente, da Polícia Civil que é ainda bastante precária


A Associação Comercial e Industrial de Anápolis - Acia – reuniu, na última quarta-feira,28, delegados da Polícia Civil, comandantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e várias lideranças comunitárias para a discussão e para o encaminhamento de propostas com vistas a melhorar a segurança pública no Município. Participaram, dentre outros, o Comandante Geral da PM de Goiás, Coronel Raimundo Nonato Sobrinho; o Delegado titular da Terceira Regional de Polícia, Luiz Carlos Teixeira; o deputado estadual Carlos Antônio (PSC); o Presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Antônio Heli de Oliveira; o Juiz titular da vara da Infância e da Juventude, Carlos Limongi Sterse, empresários e convidados especiais.
O presidente da Acia,Wilson de Oliveira, explicou os motivos do convite às autoridades presentes e disse do interesse da entidade em colaborar, das mais variadas formas, para que o aparelho policial de Anápolis seja fortalecido e possa apresentar melhores resultados, tendo em vista as demandas cada vez mais crescentes. Oliveira exemplificou a proposta da Acia ao falar sobre as mobilizações junto ao Governo do Estado para que fosse nomeado um delgado regional das fileiras da Polícia Civil em Anápolis, culminando com a escolha do bacharel Luiz Carlos Teixeira. Falou, ainda, do trabalho feito para levantar recursos objetivando a reforma da sede do Sexto Distrito Policial, da construção da Ala Feminina da Cadeia Pública e uma série de outras atitudes adotadas pelo empresariado anapolino.
Falando aos presentes, o delegado Luiz Teixeira, titular da Terceira Regional de Polícia Civil, disse dos procedimentos já realizados, assim como destacou o empenho da corporação em prestar um bom atendimento à população. Ele disse que o apoio do empresariado é fundamental para que isto aconteça e assegurou que algumas ações já mostram resultados positivos.
Outra oradora no debate foi a titular do Gabinete Institucional de Defesa Social da Prefeitura, advogada Cristina Issa. Ela destacou o andamento do projeto para a instalação de câmeras de videomonitoramento em 25 pontos da região urbana de Anápolis, o que vai ajudar no controle de atos infracionais em praças avenidas e ruas da Cidade.
Também usou da palavra ao Comandante do Terceiro Comando Regional da Polícia Militar, Coronel Moacri Pimentel, que enumerou o trabalho ora realizado e as demandas existentes, dentre elas, a falta de maior contingente e de equipamentos. Mas, afirmou que muita coisa já está bem melhor do que antes.
Falaram, ainda, o empresário Edson Tavares, Superintendente do Porto Seco Centro Oeste, que discorreu sobre a importância do envolvimento das forças vivas do Município em torno da Segurança Pública e os delegados de polícia Aline Soares Vilela e Fábio Vilela, titulares, respectivamente, da Delegacia de Proteção à Mulher e de Homicídios, enumerando as deficiências e as conquistas de cada uma dessas especializadas.
O deputado estadual Carlos Antônio de Souza (PSC) destacou o que já foi possível ao Governo Marconi Perillo fazer pela segurança em Goiás e, particularmente, em Anápolis. O parlamentar anunciou a disponibilização de R$ 500 mil para a construção da sede do Quinto Distrito Policial e ajuda pessoal para a reforma do imóvel que vai sediar a Delegacia de Proteção à Mulher, na Praça do Expedicionário.

Centro de Internação
Ainda no evento, falou o Juiz Carlos Limongi Sterse, da vara da Infância e da Juventude, anunciando a disposição do Governo Estadual em promover a licitação para a as obras de edificação do Centro de Internação Para Menores Infratores, nos próximos dias. O Magistrado falou, ainda, do trabalho preventivo da Cruzada Pela Dignidade, para o combate ao crime no seu nascedouro.
O último orador da noite foi o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Raimundo Nonato, que anunciou o andamento de alguns projetos importantes na área da Segurança Pública e sobre a participação do empresariado anapolino em oferecer ajuda à segurança em geral. Ao final do encontro, decidiu-se que um grupo de trabalho vai procurar o Prefeito Antônio Gomide, convidando-o a participar do projeto, principalmente criando o banco de horas para a Polícia Civil, como já acontece em relação à Polícia Militar.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Projeto tem o apoio do Exército, da Marinha e da Aeronáutica

08/12/2017

A audiência pública realizada no último dia 4 na sede da Associação Comercial e Industrial de Anápolis, para debater a ...

Caso do Uber - Acusado diz: “queria somente divertir”

08/12/2017

O acusado de roubar na semana um veículo Uber e restringir a liberdade do motorista Cleyton da Silva Nascimento já está pr...

Treinamento para delegadas, agentes e escrivãs

30/11/2017

A 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Anápolis realiza vários cursos de atualização voltados para delegados, agen...

Ruas do centro terão policiamento ostensivo durante o fim de ano

30/11/2017

O policiamento nas regiões de maior presença do comércio em Anápolis, terão o policiamento reforçado neste final de ano...