(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Empresa particular faz vistoria de veículos em Anápolis

Trânsito Comentários 26 de junho de 2015

Serviço que já funcionava em Goiânia, está em implantação nas cidades do interior


A vistoria obrigatória de veículos, principalmente para efeito de transferência, que era feita na CIRETRAN polo de Anápolis, ao lado do Estádio “Jonas Duarte” está, agora, a cargo de uma empresa particular que se localiza na Avenida José Sarney, Setor Jamil Miguel. Já há alguns dias, praticamente todo o serviço foi direcionado para aquela localidade e, a princípio, não gerou muitas reclamações. Cobram-se, em média, R$ 117,00 pelo serviço. A argumentação é de que o sistema é seguro, detecta irregularidades na estrutura de qualquer veículo e torna mais ágil e garantida a movimentação dos usuários. Na Circunscrição Regional de Trânsito (CIRETRAN) de Anápolis é registrada uma média de 100 serviços por dia. O novo modelo de vistoria veicular foi bem avaliado por setores ligados ao comércio de veículos e despachantes, segundo o DETRAN.


No começo da semana aconteceu uma reunião de autoridades locais ligadas ao setor de segurança, com a presença do gerente de Fiscalização, Segurança e Controle Regional do DETRAN-GO, tenente-coronel Márcio Vicente da Silva, Ele, na ocasião, destacou que a Circunscrição Regional de Trânsito já não tinha condições de atender, adequadamente, aos usuários que buscavam por vistorias. Isso, porque a frota do município é uma das maiores do Estado, com 245.378 veículos (na última contagem) e as dependências são antigas, sem espaço físico suficiente, o que gerava incômodos e desconfortos para os usuários. Lá ficou, apenas, o serviço de remarcação de chassi; alteração de características, renumeração de motor e desclassificação de grande monta.  Os proprietários de veículos deverão agendar atendimento previamente por meio do endereço eletrônico www.vistoriadetrango.com.br, na Sanperes/Terceira Visão. Eles escolherão o local e o horário mais convenientes, e receberão atendimento personalizado. Na impossibilidade de utilizarem a internet, podem ir pessoalmente ao local que, também, serão atendidos, só que, com mais tempo de espera pelo serviço.


A aprovação na vistoria veicular é uma exigência do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e pré-requisito básico a outros procedimentos como transferência de propriedade; emissão de segunda via de CRV, alteração de característica e baixa definitiva de veículo. Durante a vistoria ótica é feita a coleta magnética da numeração do chassi e motor e a imagem da placa. Já a vistoria técnica inspeciona os itens de segurança, como faróis, setas, pneus e outros. Os proprietários de veículos que não forem aprovados na primeira vistoria veicular, poderão remarcá-la, sem ônus, ganhando tempo para adequá-los às exigências da legislação.


A empresa


Para Márcio Vicente, diretor da empresa responsável pelo serviço, todas as lojas contam com equipamento capaz de realizar um “raio-x” da numeração do motor e chassi, detectando qualquer indício de irregularidade. A tecnologia utilizada pela permissionária para coibir fraudes já mostrou resultado, também, no Município. No segundo dia da sua implantação, um veículo foi encaminhado à Polícia Civil após a vistoria. Isso, por que estava com a numeração do motor adulterada. Está sendo feito um apelo aos despachantes para que orientem seus clientes a fazerem um check list do veículo antes de buscarem a vistoria, na tentativa de se reduzirem os índices de reprovação. Em Goiânia, onde o serviço começou há mais tempo, cerca de 29% dos veículos vistoriados foram reprovados. O usuário que tiver o veículo reprovado na vistoria tem 30 dias para refazer o serviço sem ônus.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Trânsito

CMTT promove simulação de acidentes como medida preventiva

26/05/2017

De repente, até o motorista vira passageiro, o mundo fica de cabeça pra baixo e tudo começa rodar. Esse é o cenário de u...

Alto índice de acidentes no trânsito de Anápolis preocupa a CMTT

18/05/2017

Onze pessoas foram atropeladas em Anápolis de janeiro a março deste ano, sendo três em janeiro, três em fevereiro e cinco...

CMTT promove Maio Amarelo promove a paz no trânsito

04/05/2017

Carros batidos espalhados pelos canteiros e praças da cidade, faixas de alerta e palestras em escolas e empresas. Essas são...

Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia concentram 40% das mortes registradas no trânsito

27/04/2017

A força tarefa do programa Goiás Mais Competitivo e Inovador (GMCI), coordenado pela Secretaria de Gestão e Planejamento (...