(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Empresa Caracal mantém proposta de trazer investimento para Goiás

Cidade Comentários 03 de maro de 2017

A implantação da indústria fez parte da agenda do Governador Marconi Perillo na missão ao Oriente Médio


O governador Marconi Perillo e o CEO da Caracal Internacional, Hamad Salem Al Ameri, assinaram, em Abu Dhabi, o protocolo de intenções para a implantação de uma planta da companhia em Goiás. A indústria, que fabrica armas de pequeno calibre, fará um investimento inicial de R$ 100 milhões na construção e início das operações da unidade no Estado, com geração de 600 empregos diretos.
“A assinatura deste protocolo de intenções com a Caracal Internacional é decisivo para a continuidade da diversificação da economia de Goiás e para a geração de empregos. Serão mais 600 empregos diretos na primeira fase de instalação da unidade”, afirmou Marconi. Com a consolidação das operações de produção, a Caracal Internacional fará investimento de R$ 500 milhões na unidade de Goiás, que será a maior do mundo e a primeira instalada no Brasil.
Além de Abu Dhabi, a Caracal tem fábricas na Alemanha e nos Estados Unidos. Com sede em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, a Caracal International é líder na região e é detentora de linha completa de produção, do design à montagem de armas. O protocolo assinado entre os governos de Goiás e de Abu Dhabi prevê a transferência de tecnologia.
Marconi e Hamad Salem Al Ameri assinaram o protocolo de intenções durante o Seminário de Negócios Como Investir em Goiás, realizado neste domingo pelo governador em Abu Dhabi. Em seguida, o governador e a delegação goiana visitaram a fábrica da Caracal em Abu Dhabi. As tratativas para a implantação da indústria em Goiás começaram no ano passado, quando o vice-governador e então secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Eliton, esteve em Abu Dhabi para conhecer a proposta de investimentos da Caracal em Goiás.
Participaram da assinatura do protocolo de intenções entre o Governo de Goiás e a Caracal Internacional, o secretário de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, Isanulfo de Abreu Cordeiro, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, José Vitti, além de empresários goianos que compõem a delegação goiana.
A Caracal é dedicada à produção de armamentos e munições exclusivas para as forças de segurança pública do Brasil e com atenção voltada para o mercado da América Latina. Ela está planejada para entrar em funcionamento em aproximadamente 12 meses a partir da celebração do acordo em Abu Dhabi.
Força econômica
A Caracal escolheu Goiás em função da força da economia goiana e do programa de incentivos industriais do governo Marconi Perillo, além da localização estratégia do Estado, próximo de grandes centros consumidores do País. Foram decisivos ainda para a definição do investimento a construção do Aeroporto de Cargas e a Plataforma Logística de Anápolis e a infraestrutura de rodovias do Estado.
Em novembro do ano passado, Marconi e o CEO da Caracal oficializaram a decisão do Governo de Goiás e do governo de Abu Dhabi de dar prosseguimento às trativas para a vida da indústria. A Caracal representa quebra de paradigmas por ser a primeira indústria bélica a ser instalada no Estado.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...