(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Em Anápolis se “planta” água

Meio Ambiente Comentários 29 de maro de 2018

Como ação do Pró-Água, em menos de um ano, quase nove mil mudas de árvores nativas foram plantadas


A maioria das pessoas só percebe o quanto a água é importante em suas vidas quando abre a torneira e dela não sai nenhuma gota. Ninguém se preocupa quando há fartura dela, mas a crise hídrica é uma realidade e faz-se urgente pensar no futuro. Atenta a essa realidade, a Prefeitura de Anápolis criou o Pró-Água, com o objetivo, em um primeiro momento, de recuperar nascentes e Áreas de Proteção Permanente (APP) na região do Ribeirão Piancó. Em menos de um ano – o programa foi lançado em julho passado - quase nove mil mudas de árvores nativas foram plantadas em torno de nascentes do manancial que abastece a cidade. Em área urbana plantaram-se mais de 48 de mil mudas nesse período.
Mas, como plantar árvores pode fazer com que não falte água na casa dos anapolinos, muitos devem estar se perguntando. O coordenador do Pró-Água, Antônio El Zayek, explica. A cobertura permanente e diversificada do solo, com plantas que usam a água de formas diferentes, que têm taxas de evaporação e transpiração diferentes, propicia, pouco a pouco, o retorno das águas usadas pelas plantas para seu crescimento que, desde que as nascentes e cabeceiras de morros estejam vegetadas, voltarão à região na forma de chuva, orvalho, garoa. E, para que isso aconteça, é necessário que haja o envolvimento dos proprietários rurais, entidades, empresas e instituições de ensino
O senhor Wanderval Luiz Leite conta que em breve todos vão começar a sentir os efeitos do plantio que fez de 500 árvores nativas nas proximidades de três das oito nascentes do Piancó existentes no Sítio Izabel, de sua propriedade, na região do distrito de Interlândia. Segundo ele, nos últimos três anos vinha percebendo a redução do volume de água em suas terras. “Havia três rodas d’água instaladas e, uma a uma, todas pararam de funcionar porque a força da água não era mais suficiente”, relata.
Ele decidiu que não poderia ficar quieto diante desta situação. Quando ficou sabendo do Pró-Água procurou a Secretaria de Meio Ambiente e se cadastrou no programa para receber a doação de mudas. Outras 1.500 serão plantadas em sua propriedade no retorno da estação das chuvas deste ano. “Acredito que o despertar da consciência de que cada um tem que fazer a sua parte é o caminho para evitar que a falta de água se torne irreversível”, afirma.
Assim como Wanderval Leite, outros produtores da região do Piancó aderiram ao programa, afirma Antônio El Zayek. E alguns deles não estão na bacia do Piancó. “Nosso projeto, embora tenha o Piancó como prioridade, prevê o reflorestamento e a drenagem de todo o município”, conta. Nesse sentido, foram plantadas dez mil mudas de ipê na Avenida Brasil e muitas outras árvores em avenidas e parques da cidade.
Ele destaca, também, o grande número de parceiros que se envolveram na missão de garantir a segurança hídrica de Anápolis. E um deles é a Saneago, responsável pela gestão do serviço de água e esgoto em Anápolis. Segundo o gestor ambiental da empresa, Wellington Barcelo, 1.500 árvores estão crescendo em torno da estação de captação, espaço que se encontrava degradado devido a fatores como assoreamento e à utilização como fonte para matar a sede de gado bovino criado nas imediações. “Toda a área do reservatório está cercada e o reflorestamento já é uma realidade”, conta Wellington, orgulhoso do trabalho e proteção ambiental em andamento.
Para o coordenador do Pró-Água, Anápolis deu o primeiro passo em busca da sustentabilidade e da segurança hídrica. “Esta é a meta da gestão Roberto Naves e estamos trabalhando, de olho no futuro, para revitalizar nossas nascentes, reestruturar a malha hídrica e, junto com nossos parceiros, reflorestar todo o município de Anápolis”, afirma Zayek. Quem quiser ser um parceiro do projeto pode ligar na Secretaria de Meio Ambiente, pelo telefone 3902-1069.


Parceiros
•Sebrae – Ajudou na elaboração do projeto
•Base Aérea – Contribui com mão- de-obra para plantios
•Jofege – Fornece insumos necessários ao plantio da Avenida Brasil
•Brainfarma – Doação de dez mil mudas de Ypês Serratifoliusa amarelos para a Avenida Brasil.
Também está em processo para adoção e cuidados de um parque municipal
•MRV – Projeto de rearborização da Av. Fernando Costa e adoção para reforma e cuidados de uma praça na Jaiara
•Caoa – Disposição do viveiro particular da empresa com todos os insumos e mão-de-obra para produção de árvores nativas do Cerrado, destinadas ao projeto Pró-Água. Adoção para reconstrução e cuidados de uma praça no Recanto do Sol. Parceria em um novo projeto de educação ambiental da reciclagem de lixo nas escolas. Também doará a plataforma online, software, para o projeto Pró-Água
•Rotary – Adotará e cuidará dos ipês da Avenida Brasil
•Plumatex – Adoção e cuidados da nova arborização que será feita no princípio das chuvas na Avenida Fernando Costa
•Fama – Parceria com estagiários e restauração e funcionamento do orquidário do parque Ipiranga
•UEG – Parceria encaminhada para o envolvimento do potencial pensante e bancos de dados na resolução e planejamento da problemática ambienta

Pró-Água em números
- 9 mil árvores plantadas na região do Piancó
- 48 mil mudas plantadas em área urbana
- 10 mil ipês plantados na Av. Brasil
- 14 produtores rurais integram o Pró-Água
- 10 parceiros permanentes (área empresarial e educacional)
- 90 é o número de nascentes do Ri beirão Piancó

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Ribeirão Antas sofre com a poluição

23/08/2018

A formação de densas camadas espumosas de origem desconhecida sobre o leito do Ribeirão Antas continua sendo um desafio pa...

Justiça concede liminar contra cobrança irregular do AVTO

09/08/2018

A Promotora Sandra Mara Garbelini, que atua na érea de meio ambiente, comunicou, durante reunião com empresários na Associ...

Ibama-DF promove fiscalização no lago de Corumbá

05/07/2018

Inspeção feita pelo Ibama do Distrito Federal no reservatório (lago) da UHE Corumbá IV, flagrou diversas infrações, com...

Número de queimadas já é maior que o do primeiro semestre de 2017

05/07/2018

Embora ainda não esteja em seu ponto crítico, o número de queimadas em Anápolis praticamente dobrou até o final de junho...