(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

É bom saber...

Comportamento Comentários 06 de abril de 2009


Loiros I
Semana passada o Presidente Lula disse, na presença do primeiro ministro da Inglaterra, em visita ao Brasil, que “os culpados pela crise financeira mundial, são loiros e de olhos azuis”. Lula, certamente se referia aos norte-americanos e europeus em geral. Porque se fosse em relação ao Brasil, por exemplo, ele estaria enrolado. Basta lembrar que Lula é casado com uma loira de olhos azuis (Dona Marisa) e tem entre seus mais diletos companheiros, pessoas com essas características. Caso, por exemplo, da loiríssima Marta Suplicy, considerada a musa do PT.
Loiros II
E se fosse estender para outras partes do Brasil, o problema aumentaria. Em Anápolis, os companheiros de Lula, Prefeito Antônio Gomide e a vereadora Dinamélia Rabelo, só para ficar nesses dois, por exemplo, são loiros, de olhos azuis. E, pelo que se sabe, não têm nenhuma responsabilidade por qualquer crise econômica internacional. Ou têm?
Justiça eletrônica
Dia 7 será inaugurada no Tribunal Regional do Trabalho, a sala de digitalização para o peticionamento eletrônico dos advogados, em cumprimento da resolução administrativa nº 82/2008. A resolução torna obrigatório o peticionamento eletrônico na 18ª Região, nas varas onde há salas de digitalização.
Ressonância
Desde o dia 1º de abril, o termo de ajuste de conduta com representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis e a Clínica Radiológica de Anápolis e Centro Radiológico de Anápolis passou a vigorar. Trata-se do acordo que aumenta o número de cotas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) do exame de ressonância magnética para 30 mensais. O termo prevê, ainda, que, caso seja ultrapassada a cota, a Clínica Radiológica de Anápolis deve conceder um desconto de 20% nos exames excedentes e caberá à Secretaria Municipal de Saúde a criação de um canal de atendimento especial para acesso dos pacientes que necessitarem de autorização para o procedimento.
Redução do IPI
Prorrogada para mais três meses, a redução do Imposto sobre a Produção Industrial (IPI) gera polêmica. Em Anápolis, de acordo com o secretário da Fazenda, José Roberto Mazon, houve uma queda no fundo de Participação do Município (FPM) de 13,5% em fevereiro e 11,8% em março. Enquanto isso, a rede automobilística e empresas de materiais de construção comemoram o momento. Por parte do governo, uma solução ainda não foi apontada, mas o secretário disse que é hora de controlar os gastos. O FPM é composto pelo Imposto de Renda (IR) e pelo IPI.
Futebol online
Sob o comando do colunista Geraldo Mendes, o site futebolgoiano.com.br traz todas as notícias do esporte em Goiás. Tudo sobre os campeonatos, jogadores e as tabelas dos últimos jogos. É só entrar e conferir.

Autor(a): Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Comportamento

Registros de casamentos caem e os de divórcios aumentam, mostra IBGE

02/11/2018

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística acaba de divulgar a estatística de registro civil. Os números trazem dad...

Palmadas estimulam agressividade em crianças, diz estudo

29/04/2016

A criança que apanha (leves palmadas no bumbum ou em outra extremidade) é mais propensa a desafiar seus pais, ter um compor...

Brasileiras iniciam vida sexual na adolescência

02/10/2015

etade (53%) das mulheres inicia a vida sexual entre 16 e os 18 anos no Brasil. A pesquisa, reali...

Qual é a melhor idade para conversar com os filhos sobre o álcool?

14/09/2015

ara evitar o consumo excessivo de bebida alcoólica entre pré-adolescentes e jovens...