(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Dona Íris Araújo visita o PMDB de Anápolis

Política Comentários 25 de fevereiro de 2009

Deputada goiana falou da discussão que envolve o partido, acusado pelo senador Jarbas Vasconcelos (PE) de abrigar corruptos. Ela abordou, também detalhes sobre os novos rumos do PMDB em nível nacional.


A deputada federal Íris Araújo Rezende Machado (PMDB) visitou na segunda-feira, 16, o diretório do partido em Anápolis para prestigiar a solenidade de entrega dos certificados aos concluintes do curso de formação política realizado em 2008. Em entrevista ao Contexto, ela declarou que o trabalho do PMDB este ano será o de “reverter a idéia de desconfiança das pessoas para com a política”.
Em discurso motivador, Íris Araújo recebeu aplausos pelo espírito de liderança que vem desenvolvendo ao longo dos anos, conforme definiram os anfitriões, dirigentes peemedebistas anapolinos. Fruto de uma trajetória política silenciosa e com resultados expressivos, Dona Íris ocupa a primeira vice-presidência nacional do PMDB, podendo assumir o comando do maior partido do Brasil, caso o deputado Michel Temmer (SP), que se elegeu Presidente da Câmara Federal, se licencie.
No entanto, a polêmica gerada em torno da publicação, na revista Veja, de uma entrevista do senador Jarbas Vasconcelos (PE), que mostra o partido de forma negativa, sob uma série de acusações, dentre elas a de “abrigar corruptos”, pode adiar a decisão sobre isso. Íris Araújo disse estar tranqüila e que sabe das dificuldades do partido e, dos oposicionistas, que, segundo ela, “tentam a qualquer custo desmerecer as qualidades que o PMDB possui”.
Decisão
Em pouco tempo será decidido se a deputada assume, ou não, a presidência do partido no próximo dia oito de março, data prevista para o pedido de licença do cargo por Michel Temer para assumir o comando da Câmara dos Deputados.
Caso assuma a presidência, a deputada goiana completará mais um desafio da ala feminina na política. Ela que já é única representante brasileira do sexo feminino no Parlamento do Mercosul, será a segunda mulher na presidência nacional de um partido. É a chance de a goiana assumir o comando do PMDB, que tem um quadro de 1.308 prefeitos; 8.308 vereadores, 20 senadores e 94 deputados federais, além de um contingente de 2.099.200 filiados.
Curso
Os participantes do Curso de Formação à Distância desenvolvido no município pelo Diretório Municipal do partido, em parceria com a Fundação “Ulysses Guimarães”, receberam seus certificados. De acordo com a presidente do diretório municipal do PMDB, Onaide Santillo, a previsão é de se realizar uma nova edição do curso ainda este ano.

Autor(a): Jackeline Rust

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...

Presidente da Câmara destaca as suas prioridades e desafios do cargo

10/01/2019

Eleito recentemente para presidir a Câmara Municipal, o Vereador Leandro Ribeiro (PTB), em entrevista exclusiva ao Jornal CO...

Torcida Premiada e Desestatização estão na pauta da sessão

27/12/2018

Nesta sexta-feira, a Câmara Municipal se reúne, em caráter extraordinário, para apreciar e votar quatro projetos enviados...

Caiado garante o pagamento da folha de janeiro dos servidores

27/12/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) garantiu, durante coletiva de imprensa na quarta-feira, 26, que tomará todas as med...