(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Distritos misturam tradição rural com avanços tecnológicos

Especial Comentários 28 de julho de 2014

Administradores de Interlândia; Souzânia, Goialândia e Joanápolis apontam as praças digitais e o Telecentro como avanços. Mas, o trabalho no campo é a atividade predominante


Além dos seus mais de 350 mil habitantes, Anápolis, também, é responsável pelos moradores de Interlândia; Souzânia, Goialândia e Joanápolis. Esses pequenos distritos administrativos cresceram em volta das praças onde ficam localizadas suas igrejas católicas. Não se sabe, ao certo, a idade de cada um deles, mas são originários de povoados muito antigos, mais velhos que Anápolis.
Os moradores, em sua grande maioria, trabalham nas atividades rurais. Eles têm acesso a pequenos comércios locais, escolas, unidades básicas de saúde e, até mesmo, internet. No entanto, em sua maioria, ainda precisam buscar em Anápolis diversos serviços.
Joanápolis é o menor dos distritos, com cerca de 500 habitantes. Grande parte deles trabalha com criação de gado ou plantações. É possível ver pessoas conversando, calmamente, na praça durante o dia. Outra cena incomum é o cavalo amarrado ao poste na porta de um dos comércios mais antigos da região, enquanto seu dono realizava compras. O lugar mais agitado é o Telecentro Comunitário, que reúne diversos jovens diariamente, em busca de acesso ao computador. O deslocamento para Anápolis não é difícil - existe uma linha de ônibus que liga um lugar ao outro.
A Irmã Valdeci Silva, uma das encarregadas da Capela Nossa Senhora dos Anjos, vive há pouco tempo em Joanápolis, mas explica que lá encontrou muitas vantagens. “Não tem violência, todos se conhecem e se ajudam. Além disso, é uma comunidade muito religiosa”, contou.
Souzânia e Interlândia
O distrito de Souzânia está localizado no nordeste do Município. Já teve nome de Aracati e, também, Boa Vista de Traíras. Acredita-se que deve ter por volta de 107 anos e, hoje, conta com, aproximadamente, 1.500 habitantes, incluindo o povoado e as propriedades rurais. Predomina-se na região o cultivo de bananas. Inclusive, os moradores se preparam para a primeira Festa da Banana, que deve acontecer no mês de agosto. Será uma grande oportunidade para revelar a culinária, a partir da fruta, e o artesanato local.
Segundo a subprefeita de Souzânia, Elza de Jesus Peixoto, o distrito evoluiu bastante. Hoje, a comunidade precisa, cada vez menos, de Anápolis por contar com escolas, unidade de saúde, pequenos comércios, praça digital e Telecentro. Aliás, uma grande curiosidade do local é que a população tem acesso à internet. No entanto, não consegue sinal das operadoras de celular.
Em Goialândia a pecuária e a produção de laranja são as principais fontes de renda dos habitantes. Segundo o subprefeito, Joselino Pereira da Silva, o distrito tem cerca de 1.200 habitantes.
Muitas famílias que vivem em Goialândia deixaram os trabalhos no campo e, hoje, trabalham em uma grande fábrica de alimentos que fica em Nerópolis. O local é bastante festivo. Goialândia é conhecida por outras cidades da região por suas festas juninas. Agora, seus moradores se preparam para a primeira edição da Festa da Laranja. “Temos uma grande expectativa de realizar esta festa. A renda de várias famílias da região depende do cultivo desta fruta”, explicou Joselino.
Por fim, o distrito de Interlândia, com uma estimativa de dois mil habitantes. Eles trabalham, principalmente, na pecuária de leite e na horticultura. Mas, algumas famílias, também, encontraram oportunidades em uma indústria têxtil da região. Na comunidade é possível encontrarem-se pessoas cativantes em cada esquina.
Dentre elas, o subprefeito, José Nery dos Santos. Ele afirma que não se sabe, ao certo, a idade do distrito, mas que o primeiro armazém surgiu por volta de 1935. Para ele, o local é bom de morar e tem crescido bastante. “Hoje, temos mais estrutura também. Não precisamos, tanto, buscar Anápolis para fazer nossas coisas, cada vez menos”, disse.
Convém lembrar que, além desses quatro, os municípios de Goianápolis; Campo Limpo de Goiás; Ouro Verde de Goiás; Nova Veneza, Nerópolis e outros, já foram distritos administrativos de Anápolis e se emanciparam com o decorrer do tempo.

Autor(a): Wanessa Mereb

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Especial

Miguel Squeff - Saudades eternas

21/06/2018

Domingo, 17 de junho, 22hs45, faleceu o cronista esportivo Miguel Squeff. A notícia divulgada nas redes sociais se espalhou ...

Engecom coloca Anápolis na vanguarda da engenharia e arquitetura

10/05/2018

Até o início da década de 80 eram poucas as edificações verticais em Anápolis. O cenário econômico ajudou a transform...

Doar leite é simples, saudável e salva vidas em situação de risco

05/04/2018

Ana Flávia Dias é mãe de primeira viagem e nesta semana foi ao Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais Mulher), no Ba...

Dia Internacional da Síndrome de Down foi lembrado no Legislativo

22/03/2018

A vereadora professora Geli Sanches (PT), lembrou, na tribuna, a passagem do Dia Internacional da Síndrome de Down. Ela apro...