(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Diretrizes

Contexto Jurídico Comentários 06 de agosto de 2010

O novo Plano Nacional de Educação (PNE), que dará as diretrizes para a educação no País pelos próximos 10 anos, chegará ao Congresso com aproximadamente 25 metas, segundo o presidente-executivo do movimento Todos Pela Educação e membro do Conselho Nacional de Educação (CNE), Mozart Ramos.


O novo Plano Nacional de Educação (PNE), que dará as diretrizes para a educação no País pelos próximos 10 anos, chegará ao Congresso com aproximadamente 25 metas, segundo o presidente-executivo do movimento Todos Pela Educação e membro do Conselho Nacional de Educação (CNE), Mozart Ramos. O número representa uma mudança significativa em relação ao PNE atual, em vigor desde 2001, que apresenta 295 metas para a educação - ponto bastante criticado por educadores e especialistas. A proposta enviada pelo CNE ao MEC é de que até 10% do PIB sejam investidos em educação anualmente. Para Ramos, a meta é factível.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Contexto Jurídico

Regulamentação de startups

25/04/2019

Startup é o ato de começar algo e, normalmente, está relacionado com companhias e empresas que estão no início de suas a...

Locar imóvel por curto período não altera seu caráter residencial, diz Tribunal de Justiça de São Paulo-TJSP

17/04/2019

Proprietários de imóveis que exploram o bem alugando-o em sites de hospedagem têm conseguido decisões favoráveis no Trib...

Responsabilidade pelo pagamento do IPTU – imposto sobre propriedade predial e territorial urbana

05/04/2019

Quando se trata de aluguel de imóvel uma das dúvidas mais frenquentes é, quem será o responsável pelo pagamento do IPTU ...

Contribuição sindical e seu caráter facultativo

15/03/2019

A Presidência da República editou a Medida Provisória 873, em 1º de março do corrente ano – MP 873/2019, que proíbe a...