(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Dias das Mães favorece queda de inadimplência no comércio

Economia Comentários 11 de maio de 2012

Além da redução da inadimplência, os comerciantes também estão confiantes em um aumento de vendas, devido à quedas de juros, que já vêm surtindo algum efeito


O comércio varejista aguarda, com grande expectativa, uma das melhores datas do ano para fomentar as vendas – o Dia das Mães. Enquanto isso, o SPC de Anápolis divulgou o resultado da estatística do mês de abril, que registrou a queda de 13% do número de consultas em relação ao mês de março. E este mesmo mês, em relação a abril de 2011, registrou um aumento de 7,59%.
Ainda na mesma estatística, o SPC detectou, também, uma queda da inadimplência, o que era previsto, segundo o presidente da CDL Reinaldo Del Fiaco, já que para a realização de novas compras, previstas para o mês de maio – Dia das Mães, o consumidor precisa buscar a negociação de suas dívidas. Segundo dados fornecidos, houve uma queda de 5,63 % nos registros em abril em relação ao mês anterior, e no confronto com o mesmo mês de 2011, o indicador também caiu, registrando uma queda de 28,19%. Já para compras a prazo e pagamentos com cheque, conforme os dados estatísticos houve uma queda de 47,09% em abril de 2012, em relação a março de 2012. Na comparação com o mesmo mês em 2011, o número de registros diminuiu em 33,18%. Ao ser avaliado o cancelamento de registros de inadimplência de consumidores junto ao SPC Anápolis, os dados apontaram uma queda de 4,85% no mês de abril, comparado ao mês de março, já com relação ao mesmo mês do ano passado, esta porcentagem aumentou em 6,81%. E no registro de cancelamento de cheques foi detectada uma queda de 44,25% nesse mês, com relação ao mês anterior, e uma queda ainda maior, em relação ao mesmo mês do ano passado, de 69,03%.
De acordo com o presidente, esta queda nas consultas, registros e cancelamentos se deve à pequena retração das vendas no mês de abril, já esperada pelo comércio varejista de Anápolis. “Agora com a queda dos juros que, timidamente, já começa a surtir efeito para o consumidor que procura as lojas do varejo da cidade e com a aproximação do Dia das Mães, a expectativa é boa para o comércio local que já se prepara para uma das datas mais esperadas do ano”.

Horário especial

Em função da segunda data sazonal mais esperada do ano – o Dia das Mães, em Anápolis, o Comércio Varejista abre suas portas em horários excepcionais, aguardando uma alavancada nas vendas de 2012.
De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Anápolis (Sincovan), nesta sexta-feira,11, as lojas poderão estar com suas portas abertas até as 21h00. E, no sábado,12, as lojas poderão ficar abertas ao público até às 20 horas. Já os supermercados e os shoppings da cidade funcionarão normalmente nesses dias.
Com a preocupação de garantir maior segurança aos lojistas e consumidores, o presidente solicitou ao 4° Batalhão da Polícia Militar de Anápolis, sob o comando do Tenente-Coronel Paulo Inácio, um reforço especial nos locais de maior movimentação de compras, nesses dias que antecedem ao Dia das Mães. (Ivana LageCDL)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...