(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Detran discute mudanças com centros de formação

Geral Comentários 14 de setembro de 2012

Objetivo foi avaliar os impactos das mudanças com a implantação do sistema de biometria que valerá a partir de 2013


O presidente do Detran, José Taveira Rocha, e o diretor de operações, coronel Sebastião Vaz, se reuniram na última terça-feira,11, com mais de 150 proprietários de Centros de Formação de Condutores (CFC´s) para discutir os impactos de mudanças com a implantação do sistema de biometria para o processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Após o anúncio da alteração que deve começar a valer a partir de 2013, alguns CFC´s ficaram temerosos. Durante o encontro, realizado no auditório do Instituto de Criminalística em Goiânia, José Taveira tranquilizou os permissionários. Segundo ele, para que o Detran se modernize e otimize a qualidade do atendimento, ele precisa trabalhar em parceria com os centros de formação.
Taveira afirmou que a implantação da biometria em todas as etapas da CNH e a iniciativa de o Detran reassumir a responsabilidade pela abertura do processo são medidas que visam restabelecer a legalidade, combater fraudes e deixar os CFC´s desafogados para focar na formação do condutor. Ele destaca que investir na melhoria da capacitação do candidato a motorista é uma das maneiras mais eficazes de se prevenir acidentes. As mudanças também facilitarão a vida do usuário, que poderá fazer o pré-cadastro para a obtenção da CNH pela internet.

Carros próprios
O presidente disse ainda que outros projetos como a reestruturação do serviço de vistoria e a melhoria do sistema de tecnologia devem ser implantados até o primeiro trimestre do próximo ano. Durante a reunião, ficou acertado que um grupo representativo da categoria irá acompanhar as discussões sobre a metodologia da implantação da biometria pelo Detran. Além da biometria, o coronel Sebastião Vaz alertou os permissionários para o cumprimento de algumas resoluções como a 358, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Ela estabelece que todo CFC deve ter veículo próprio para atuar no mercado. Em Goiás, muitos centros operam com veículos terceirizados. Para fazer cumprir a resolução, o Detran deu o prazo até 31 de dezembro deste ano para os permissionários se adequarem.
O diretor de operações, coronel Sebastião Vaz, enfatizou que o órgão tem buscado reestruturar, de forma transparente, o relacionamento com os permissionários. Nesse sentido, o Detran já participou de reuniões em Aparecida de Goiânia, Itumbiara, Goianésia, Catalão e Anápolis. Antes da efetivação das mudanças, outras reuniões devem ser realizadas.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Programa ID Jovem completa primeiro ano de vigência

08/12/2017

A Secretaria Nacional de Juventude comemora os bons resultados do Programa Identidade Jovem. Em 1 ano de vigência da iniciat...

Aumenta para oito anos prisão de bêbado que dirige e mata

08/12/2017

Após cinco anos de espera, o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A análise ocorreu na sessão desta ...

Pesquisa aponta intenção de compras dos anapolinos

08/12/2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis acaba de divulgar a pesquisa de intenções de compras do consumidor anap...

Residencial Copacabana recebe plantio de mudas de árvores

08/12/2017

Preservar o meio ambiente e cuidar do planeta. Foi com esta disposição que estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio do ...