(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Despedida

Boa Prosa Comentários 10 de setembro de 2010

Depois de 30 anos tocando Marimba (instrumento de percussão de origem africana e que se assemelha a um xilofone) em todos os desfiles de Sete de Setembro em Anápolis, o professor de Educação Física, músico e colunista social Maurício Salles fez sua última apresentação nesta terça-feira


Depois de 30 anos tocando Marimba (instrumento de percussão de origem africana e que se assemelha a um xilofone) em todos os desfiles de Sete de Setembro em Anápolis, o professor de Educação Física, músico e colunista social Maurício Salles fez sua última apresentação nesta terça-feira. Ele, que se aposentou recentemente e está morando no litoral de São Paulo, aos prantos, entregou o instrumento, companheiro de três décadas. A Marimba é difícil de ser executada. Exige muita aplicação, conhecimento musical e ensaios continuados.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Boa Prosa