(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Descoberta precoce tem 90% de chance de cura

Saúde Comentários 15 de maio de 2009

Como todo tratamento, o do câncer se torna mais fácil quando detectado no começo


Apesar do surto do novo tipo de vírus influenza ter dominado o noticiário das últimas semanas, os alertas sobre o câncer não devem ser minimizados. Segundo uma pesquisa realizada em cinco capitais brasileiras, coordenada pelo oncologista Sérgio Simon, do Hospital Albert Einstein e patrocinada pelo laboratório Pfizer, 47% das mulheres entrevistadas ainda relacionam a doença a problemas emocionais e estresse, contrariando as evidências científicas. Ainda segundo a pesquisa, esse dado revelou que as mulheres brasileiras acreditam estar informadas sobre o câncer de mama, mas a realidade é bem diferente.
O câncer de mama está ligado ao histórico de câncer de mama na família; menopausa tardia; reposição hormonal, consumo de álcool, obesidade e não ter filhos. De acordo com o mastologista do Hospital Oncológico de Anápolis, João Bosco Machado da Silveira, o que mais acomete a mulher é o câncer de mama.
Em 2009, a projeção é de que apareçam cerca de 50 mil novos casos. Este ano cerca de 10 mil mulheres irão morrer de câncer. O segundo que mais acomete as mulheres é o de colo do útero. Serão 20 mil novos casos em 2009. No homem, o câncer de próstata é mais comum e este ano, serão 50 mil novos registros. No homem, o que mais mata é o câncer de pulmão.
A respeito da falta ou não de informação, de acordo com o mastologista, em nível de saúde pública está a desejar. “Ainda é muito difícil o pessoal ter acesso à prevenção e a um especialista para o tratamento”. Mas, pensando no geral está melhorando no que tange à prevenção, como os testes de mamografia, papanicolau e toque retal.
Em Goiás, segundo o médico, as estatísticas têm revertido muito. Antes, quase todos os casos de câncer de mama apontavam para a mastectomia (extirpação do seio). Agora, elas entenderam que quanto mais cedo se fizer o diagnóstico, menos impactante será o tratamento. A consequência disso é um índice de 10% de detecção precoce, na qual o tumor teria maior chance de cura, poupando as pacientes de cirurgias mutiladoras e sofrimentos maiores no tratamento.

Mídia

O mastologista diz ainda que, o câncer é a segunda causa de morte depois dos 50 anos. Só perde para as doenças cardíacas. Segundo ele, assim como se faz a propaganda em mídia nacional acerca do HIV, deveria ser feita com a mesma intensidade para o câncer.
Mesmo diante dos casos da influenza, a notícia sobre câncer de linfoma, da ministra-chefe da casa civil, Dilma Roussef e da autora de telenovelas Glória Perez; do sarcoma (tipo de câncer que ataca as partes moles, tecido conjuntivo) do Vice-Presidente da República José Alencar, poucos sabem que o linfoma é o quinto tipo de câncer mais frequente no mundo e o sarcoma é o que mais causa dor.
Em Anápolis, os atendimentos para tratamento do câncer vêm sendo intensificados. Só o mastologista João Bosco, atende, em média, 35 pacientes para prevenção diariamente. O que falta são profissionais que fazem quimioterapia, mas quanto às áreas afins está bem servido. Anápolis é uma cidade pólo e tem todo o tratamento em nível de SUS, atendendo a mais de 100 cidades.

Dicas

A recomendação do mastologista é ter vida saudável, não fumar, ter dieta alimentar rica em verduras, frutas, vegetais, fibras e não gordurosas ou enlatados. Também vale inibir o estresse e, no caso das mulheres fazer mamografia a partir dos 40 anos e no caso do colo do útero, a partir dos 45, 60 anos. Aos homens recomenda-se fazer exame de próstata depois dos 50 anos.

Como realizar o auto-exame

Diante do espelho observe se há alterações na pele como retrações e abaulamentos, além de alterações no formado das mamas. Eleve e abaixe os braços lentamente.
Durante o banho, faça a palpação de ambas as mamas, com a pele molhada ou ensaboada. Eleve o braço atrás da cabeça e deslize os dedos suavemente por toda a mama até a axila.
Deitada, realize a palpação da mama esquerda mantendo a mão esquerda sob a cabeça e depois repita o exame com o braço esquerdo próximo ao corpo. Deslize os dedos da mão direita pelas partes internas e externas da mama. Repita o procedimento na outra mama.

Fique sabendo: No dia 29 de abril entrou em vigor uma lei que obriga o Sistema Único de Saúde a oferecer o exame de mamografia às mulheres com mais de 40 anos.


As várias formas da doença são classificadas da seguinte maneira:

CARCINOMA: trata-se de um tumor que se desenvolve na pele ou nos tecidos que recobrem os órgãos internos.

SARCOMA: esse tipo de câncer atinge ossos, cartilagem, tecido adiposo, músculos e vasos sangüíneos.

LEUCEMIA: origina-se na medula óssea, a encarregada de produzir componentes do sangue, como glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas. Esse tumor deflagra o surgimento de um grande número de células sangüíneas defeituosas.

LINFOMA E MIELOMA: são tumores que eclodem nas células do sistema imune, já fora da medula onde foram produzidas

TUMORES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL: desenvolvem-se no cérebro e na medula espinhal.

Autor(a): Jackeline Rust

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Saúde realiza vacinação contra a gripe até dia 26 de maio

19/04/2017

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou na última segunda-feira, 17, e as vacinas estão disponívei...

Vereadora consegue recursos para castração de animais

19/04/2017

A vereadora Thaís Souza (PSL) conseguiu junto ao deputado estadual Lincoln Tejota (PSD), uma emenda de R$ 180 mil será dest...

Medo da febre amarela? tire suas dúvidas

07/04/2017

Desde 1980 o Brasil não registrava um surto tão grande de febre amarela. De dezembro para cá, houve 2 104 casos notificado...

Dengue recua, mas a população ainda precisa ficar atenta e manter o combate

07/04/2017

A população anapolina pode comemorar. Os registros oficiais da Secretaria Estadual de Saúde, referentes à semana 13- de 0...