(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Deputados aprovam projeto que traz benefícios aos policiais do Estado

Segurança Comentários 26 de maio de 2016

Matéria passou em primeira votação e não dever ter dificuldade na próxima fase


O projeto de lei da Governadoria do Estado que institui a indenização para o pagamento de defesa técnica para policiais civis e militares foi aprovado em primeira votação na Assembleia Legislativa. Para o presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), deputado Talles Barreto, trata-se de mais uma medida importante do governo para respaldar as atividades das Polícias Civil e Militar no Estado de Goiás. O projeto encontra-se na Casa Civil aguardando a sanção do governador Marconi Perillo.
“Esse projeto que institui a indenização para ressarcir os policiais nas suas defesas é acima de tudo justo, porque os policiais, quando atuam para dar segurança à população o fazem em nome do Estado, portanto, é justo que sejam indenizados se for preciso”, acentuou Talles.
De acordo com o presidente da CCJ, com esse respaldo, os policiais civis e militares, bombeiros, policiais técnicos e servidores do Sistema Penitenciário vão poder ter mais segurança também. “Toda a classe se sentirá mais confiante”, disse Talles Barreto. Segundo destacou o parlamentar, a tramitação da proposta do governo transcorreu de forma tranquila naquela Casa.
O projeto aprovado pela Assembleia Legislativa possibilita ao Estado ressarcir os servidores da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Corpo de bombeiros Militar, da Superintendência de Polícia Técnico-Científica e da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, que venham a responder sindicância, processo administrativo disciplinar ou processo judicial e tenham que pagar advogado para se defender. Para ser beneficiado, o policial tem que fazer o pedido formal da indenização e ter para isso o aval do superior hierárquico imediato e do titular do órgão em que serve. Além disso, ele tem que juntar toda a documentação que comprove que ele agiu de forma lícita durante o serviço.
Conquista
Para o vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Éliton, o projeto que institui a indenização aos policiais para defesa técnica é uma conquista expressiva de todas as forças que atuam na segurança pública do Estado de Goiás. “Representa o reconhecimento do Estado à importância e à grandeza do papel dos policiais na proteção e na segurança de toda a sociedade”, afirmou. Este é, segundo destacou, apenas um entre tantos atos do governo destinados a fortalecer e a valorizar os policiais e todo o aparato de segurança pública. Recentemente, os policiais também tiveram suas horas extras livres de encargos, entre outros benefícios.
O mesmo projeto de lei propõe a criação, no âmbito da Secretaria de Segurança Pública, de dois núcleos jurídicos. Um deles é o Núcleo Jurídico do Contencioso Administrativo e Criminal, para exercer a representação judicial do Estado e prestar consultoria e assessoramento jurídico em matérias de interesse da Secretaria e seus servidores. O segundo é o Núcleo Jurídico de Defesa do Consumidor, que se destina à representação judicial do Estado e à prestação de consultoria e assessoramento em questões de interesse da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon). Esses núcleos serão vinculados à Advocacia Setorial da SSPAP.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Segurança

Ministério Público cobra investimento no sistema prisional

07/12/2018

O coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal do Ministério Público de Goiás, Luciano Miranda Meireles, juntamente...

Parceria prevê mais 350 câmeras

07/12/2018

A Prefeitura de Anápolis, representada pelo Observatório Municipal de Segurança, e a empresa Enel devem bater o martelo, n...

Milhões de brasileiros são vítimas de fraudes

23/11/2018

Um levantamento da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil...

Promotor exige lanche noturno para presos

16/11/2018

O Promotor de Justiça Marcelo Celestino instaurou incidente de desvio de execução contra a Diretoria-Geral de Administraç...