(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Dengue sob controle na região de Anápolis

Saúde Comentários 26 de outubro de 2012

Número de casos notificados da doença e de óbitos tiveram quedas bastante significativas em todo o Estado de Goiás durante este ano


As chuvas que começam a cair em Goiás, ainda não mudaram o quadro em relação à dengue que, comparativamente ao ano de 2010, apresenta queda bastante significativa no número de casos notificados e de óbitos causados por complicações ou febre hemorrágica. Em Anápolis, também a situação aparenta controle. Porém, isso não quer dizer que a população deve baixar a guarda nas medidas de controle aos focos do mosquito Aedes aegypti. Pelo contrário, elas devem ser reforçadas, pois ainda está por vir o período de chuvas mais intensas, época em que há um aumento natural do vetor.
Segundo dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde, através da Superintendência DE Vigilância em Saúde e da Gerência de Vigilância Epidemiológica de Doenças Transmissíveis, o número de casos notificados de dengue até a semana 41 (13 de outubro) é de 26.614. Em relação ao período de 01 de janeiro de 2011 a 13 de outubro de 2012, houve uma redução de 30,10%. Em relação aos óbitos, este ano foram registrados 26, contra 51 do mesmo período do ano passado, portanto, uma redução de 36,59%.
O boletim epidemiológico aponta que dos 26 óbitos, 15 foram por complicações da dengue, sendo que as mortes foram registradas em Goiânia (11), Aparecida de Goiãnia (2), Senador Canedo (1) e Guapó (1). Os óbitos por febre hemorrágica de dengue somaram 11 casos, registrados em Goiânia (8), Aparecida de Goiânia (2) e Inhumas (1). Em Anápolis, não houve registro de óbito até a semana 41. No ano passado, houve dois registros de óbitos, no Município, de dengue com complicações. Em 2010, foram três mortes, também de dengue com complicações.
Ainda de acordo com a SES, este ano já somam 24 casos confirmados de dengue pelo sorotipo DENV 4, sendo que a maior frequência é em Goiânia (52 casos) e Aparecida de Goiânia. Niquelândia, Baliza, Uruaçu, Campos Verdes, Jataí, Porangatu e Trindade, registraram um caso, cada.
Em números absolutos, Goiânia é o Município com maior número de casos de dengue até a semana 41 de 2012, com 10.117 casos notificados. Em seguida vem Aparecida de Goiânia (6.039), Anápolis (1.743), Luziânia (1.471) e Rio Verde (554). Os municípios com maior coeficiente de incidência de dengue (número de casos por 100.000 habitantes), são Edealina (4,60), Edeia (2,47), Cachoeira Dourada (1,99), Aparecida de Goiânia (1,32) e Itajá (1,30). Para o Ministério da Saúde, o ideal é que o percentual esteja abaixo de 1%.

Os sintomas da Dengue

O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias, e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem. Geralmente os sintomas se manifestam a partir do 3° dia depois da picada do mosquitos.

Dengue Clássica
Mais Febre alta com início súbito
Mais Forte dor de cabeça
Mais Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos
Mais Perda do paladar e apetite
Mais Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores
Mais Náuseas e vômitos
Mais Tonturas
Mais Extremo cansaço
Mais Moleza e dor no corpo
Mais Muitas dores nos ossos e articulações

Dengue hemorrágica
Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta:
Mais Dores abdominais fortes e contínuas
Mais Vômitos persistentes
Mais Pele pálida, fria e úmida
Mais Sangramento pelo nariz, boca e gengivas
Mais Manchas vermelhas na pele
Mais Sonolência, agitação e confusão mental
Mais Sede excessiva e boca seca
Mais Pulso rápido e fraco
Mais Dificuldade respiratória
Mais Perda de consciência

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Cirurgias pediátricas tem fila de espera reduzida

18/08/2017

Já medicado, o garoto J.B.N., 4, demonstrava tranquilidade, ao entrar no centro cirúrgico do Hospital Evangélico, para rea...

Goiás ocupa a terceira posição no ranking nacional em transplante de córneas

18/08/2017

Em Goiás, são realizados transplantes de córneas, rins, coração e medula óssea, sendo que o de córneas é o mais comum...

Franquia Oral Sin se instala em Anápolis

10/08/2017

Acaba de chegar em Anápolis a primeira franquia Oral Sin Implantes. O empresário e odontólogo Leonardo Lara recebe convida...

Município deve receber mais recursos para medicamentos

03/08/2017

Definido no último dia 31 de março, o fechamento das unidades próprias do programa Farmácia Popular deve otimizar a utili...