(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Demóstenes está entre os mais assíduos do parlamento

Política Comentários 28 de janeiro de 2011

Levantamento do site independente Congresso em Foco mostra que o senador goiano compareceu a 94% das sessões entre o período de 2007 a 2011.


O senador Demóstenes Torres foi citado pelo Instituto Congresso em Foco entre os poucos senadores brasileiros que foram a mais de 90% das sessões. De acordo com a publicação do site, o senador Demóstenes foi a 389 sessões no período compreendido entre os anos de 2007 e 2011. O site Congresso em Foco é uma instituição respeitada, independente e que acompanha diariamente o trabalho e a produção parlamentar dos 513 deputados federais e 81 senadores. Demóstenes disse que se sente gratificado com a menção do instituto. “Me empenhei ao máximo para desempenhar um bom papel no Senado e participar dos temas importantes ao Brasil. A presença diária no parlamento, na tribuna e nas comissões é umas das principais funções dos Congressistas, e como tal, deve ser valorizada”, disse o senador Demóstenes. O levantamento foi construído a partir de informações do próprio Senado Federal e constas dados sobre presenças registradas no Congresso, licenças, seja médicas, para viagens de interesse do parlamento dentro ou fora do Brasil e faltas não justificadas.

Reuniões itinerantes
Além de participar de praticamente todas as sessões, discussões e votações legislativas, Demóstenes conseguiu manter a produção destacada. Dados do próprio Senado apontam que Demóstenes é o político brasileiro que mais relatou propostas de lei, emendas à Constituição, requerimentos e textos sancionados pela Presidência da República. “O Parlamento deve primar pela discussão de temas nacionais, o debate, o confronto de idéias. Então, é preciso que haja disciplina e rigor para que cada uma destas sessões seja produtiva. Mas, também é preciso levar estes temas a população, seja através da internet, da TV Senado ou com audiências públicas”, disse o senador Demóstenes. No período analisado pelo Congresso em Foco, o senador presidiu três comissões importantes, como a Investigação da Pedofilia e a Reforma do Código de Processo Penal e Civil. Neste período, cada uma realizou uma média de 10 reuniões nas principais capitais brasileiras. “No caso da CPI da Pedofilia, por exemplo, era importante ir aos lugares para conversar com as vítimas, ouvir autoridades locais que lutam contra o crime e mesmo gerar destaque para o tema naquela região. No caso das Comissões Temporárias de Reforma do Código de Processo Penal e do Processo Civil, contamos com valorosas contribuições de estudantes, professores, juízes, promotores e especialistas do Direito. Portanto, eles conhecem a realidade na qual trabalham e tem muito a acrescentar na melhoria desta legislação. Então, é imprescritível ouvi-los”, finalizou o senador Demóstenes.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Nova estrutura administrativa entra na pauta de sessão extra na Câmara

17/01/2019

Nesta sexta-feira, 18, a Câmara Municipal se reúne em sessão extraordinária, para a apreciação de 10 projetos que trami...

Mudanças na equipe no início da segunda metade do governo

17/01/2019

Na segunda parte de seu mandato, o Prefeito Roberto Naves está promovendo uma série de mudanças na estrutura da máquina a...

Núcleo de assessoria é a principal novidade da Reforma Administrativa

17/01/2019

Uma das principais mudanças na estrutura da Administração Municipal, a criação de um núcleo composto por seis assessori...

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...