(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Demora preocupante

Contexto Político Comentários 19 de maro de 2010

Há um silêncio enigmático com respeito ao início de obras anunciadas pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura.


“Prefiro os que me criticam aos que me elogiam. Os que me criticam, me corrigem; os que me elogiam, me corrompem” (Kalil Gibran)

Demora preocupante
Há um silêncio enigmático com respeito ao início de obras anunciadas pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura. Há 90 dias o Governador Alcides Rodrigues (PP), acompanhado de seu staff político/administrativo aportou por Anápolis com um calhamaço de projetos, autorizações para obras, cópias de contratos e outros documentos, indicando que haveria, a partir de então, “um sistema revolucionário de obras públicas” no Município, contemplando a cidade com muitos milhões de reais. Dentre as obras anunciadas estariam a duplicação da Avenida Pedro Ludovico, o contorno viário do Distrito Agro Industrial de Anápolis e a extensão das redes de água tratada e coleta de esgoto para uma infinidade de bairros anapolinos.
Passado todo esse tempo, existe uma preocupação pertinente e compreensível, quanto ao desfecho do que foi anunciado publicamente. É que, por ser ano eleitoral, há implicações e impedimentos legais que não permitem, pelo menos em tese, procedimentos que possam sugerir publicidade e/ou campanha política. Ademais, a partir de abril, quando começam, efetivamente, as definições sobre quem será e quem não será candidato nas eleições de outubro, é esperado, naturalmente, que as atenções se voltem para ao processo eleitoral propriamente dito, ficando a questão administrativa em segundo plano. Daí, o temor dos anapolinos em não verem o andamento normal dos projetos, deixando a cidade, mais uma vez, apenas com a doce ilusão de que receberia, em troca dos milhões e milhões que gera em forma de tributos para o Governo do Estado, obras importantes para o seu desenvolvimento. Resta, então, esperar. E confiar.

Viajando
Wilson de Oliveira, empresário anapolino vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás, vai ser um dos 20 integrantes da comitiva goiana que viaja para a China no dia dois de abril. De acordo com a programação, os goianos vão concretizar projetos entabulados em viagem anterior ao país mais populoso do mundo. Na pauta negócios com etanol, milho, soja, leite, carnes e outros produtos alimentícios. O retorno será no dia 12.

Vespeiro
Exercitando a sua veia diplomática, o Presidente Lula foi a Israel e à Cisjordânia, dar pitacos na disputa milenar (política e religiosa) que existe naquela parte do mundo, coisa que nem os americanos ousam fazer. Resultado: não agradou nem a uma, nem a outra parte. Acostumado a emitir opiniões e conceitos sobre questões latino-americanas, Lula, desta vez, se deu mal. Melhor seria nem ter ido lá.

Vai mudar
Uma das modificações anunciadas pela Prefeitura para diminuir a tensão do movimento na Avenida Pedro Ludovico, região do Vivian Park, é a mudança da entrada do Cemitério Parque. A portaria vai se transferida para o lado oposto, entrada da Vila União. Medida acerta, por sinal.

PT reúne
Filiados, adeptos e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores em Anápolis têm reunião neste sábado, a partir de nove da manhã, na sede petista, que fica na Rua Engenheiro Portella. A pauta enfeixa, dentre outras coisas, a solidificação da campanha pela eleição da Ministra Dilma Rousseff à Presidência da República e o apoio ao projeto político do deputado federal Rubens Otoni. De quebra, os petistas devem confirmar o nome da vereadora Dinamélia Rabelo como sua representante na disputa por uma vaga de deputada estadual em três de outubro.

Sobre o PT
Falando em Partido dos Trabalhadores, alguns de seus membros mais importantes estão com dificuldades na Justiça Eleitoral. É o caso do Ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, de Minas Gerais, que sofre acusação de haver feito propaganda eleitoral fora do tempo. Patrus é virtual candidato ao Governo de Minas. E, Geddel Vieira Lima, do PMDB, Ministro da Integração Nacional, aliado do PT na Bahia, também candidato a candidato ao governo daquele estado, se encontra na mesma situação do companheiro de Minas Gerais.

Ministros
É tido como certo que, a partir de abril, o ministério do Presidente Lula sofra grande desfiguração. Pelo menos 16 ministros seriam pré-candidatos a diversos cargos, dentre eles, governadores de estados, senadores e deputados federais. A briga pela ocupação das é interessante em Brasília. O PMDB, como sempre, quer ficar com a maioria dos cargos.

Companhia
O Prefeito Antônio Gomide (PT) tem andado meio que sozinho quando comparece a solenidades. Poucos são os secretários que o acompanham. Ou é estilo dele, ou estaria faltando sintonia na equipe. Há situações em que nenhum ocupante do primeiro escalão acompanha Gomide.

Problemas
Quem gosta de confusão na política não aguenta mais esperar para ver o que acontecerá no PSDB de Anápolis. Com dois vereadores (Mirian Garcia e Fernando Cunha) e um considerável potencial de votos para as eleições de outubro, o partido estaria, digamos, em rota de colisão, com uma velada disputa pelo comando. Em resumo, estão dizendo que não se sabe mais quem manda no tucanato anapolino.

Rebeldia?
Há quem interprete como rebeldia, a posição dos vereadores Assef Nabem e Wesley Silva, em apoiarem o Prefeito Antônio Gomide, do PT. É que, Gomide não esconde de ninguém sua antipatia política por Adhemar Santillo, e por extensão, à sua esposa, ex-deputada Onaide Santillo, casal que dita as normas no PMDB de Anápolis. Os vereadores se defendem, afirmando que votam favoravelmente aos projetos que trazem benefícios para a população. Esse assunto ainda vai render muito até outubro.

Emater
A recriação da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) que cuidava da política agropecuária do Estado, é um assunto tido como prioritário pelo Governo de Goiás. Pelo menos é esta a interpretação do secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Leonardo Veloso.

Efeito Íris
Muitos políticos do PMDB que estavam embalados com a possibilidade de se candidatarem a deputado estadual e, até, a deputado federal, andam retraídos, depois das notícias abordando uma eventual desistência de Íris Rezende em disputar o Governo. Dentre estes reticentes estão, pelo menos, quatro ex-prefeitos.

Marconi
O senador, e virtual candidato a governador, Marconi Perillo (PSDB) vai, mesmo, jogar pesado em Anápolis a partir de agora. Uma forte base de sustentação, ramificada por diferentes setores comunitários, começou a ser montada.

O novo?
Vanderlan Vieira Cardoso (PR), Prefeito de Senador Canedo, está picado pela “mosca azul” e entende ser um bom nome para disputar o Governo de Goiás em outubro. Há quem diga, entretanto, que ele quer aparecer na mídia para ser candidato a vice de Marconi Perillo, ou, quem sabe, de Íris Rezende. Será?

Mais promessas
Se depender de promessas, a Câmara Municipal de Anápolis vai, mesmo, ter a ampliação de seu prédio. Ano passado os vereadores foram ao gabinete do Senador Marconi Perillo (PSDB) e receberam a informação de que ele estaria destinando uma emenda de R$ Um milhão para as obras. Esta semana foi a vez do também senador Demóstenes Torres (DEM), fazer a mesma promessa. Agora só falta o dinheiro ser liberado.

Lula multado
O Tribunal Superior Eleitoral, através do ministro substituto Joelson Dias, multou o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em R$ 5 mil, por campanha eleitoral antecipada. Segundo os autos, durante a inauguração de um complexo esportivo em Manguinhos, Rio de Janeiro, Lula teria feito apologia à candidatura de sua ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. O Presidente pode recorrer da multa, o que vai ser feito, segundo a Advocacia Geral da União. Mas, o estrago foi feito e a justiça provou que não está para brincadeiras este ano.

Mais dinheiro
Se tem uma coisa de que o Governo Lula não pode se queixar, é da falta de dinheiro. No último mês de janeiro, a arrecadação federal bateu todos os recordes, somando mais de R$ 73 bilhões. Foi o melhor janeiro da história. E, em fevereiro, outro recorde para o segundo mês do ano. Os cofres da Nação receberam, segundo o que está sendo divulgado esta semana, um total de R$ 53 bilhões. Esses dados podem ser obtidos no site “impostômetro”, com acesso livre na internet. Segundo a Receita Federal, vai-se manter uma arrecadação satisfatória em todo o ano de 2010.

Meirelles indeciso
O Presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, continua sendo o maior enigma da política nacional na atualidade. Ontem (18) ele participou da reunião do alto comando do PMDB, na Câmara Federal, em Brasília, onde assuntos importantes foram discutidos, todos referentes às eleições de outubro. Mas, segundo Meirelles, não se tratou, em nenhum momento, da indicação do nome do partido para a vice da Ministra Dilma Rousseff. Pelo menos foi o que Henrique Meirelles afirmou aos jornalistas. Só que, pouca gente acreditou nessa versão.

Reflexão
No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, uma constatação nada positiva em termos políticos. Das 513 vagas na Câmara Federal, somente 45 delas são ocupadas por parlamentares do sexo feminino. Outra: nunca em toda a história daquela casa, uma mulher ocupou cargo na Mesa Diretora.

Aviões
Notícia que interessa, diretamente, a Anápolis. O ministro da Justiça, Nelson Jobim, disse que, embora outras duas marcas disputem a venda de 36 aviões supersônicos para a FAB, a francesa Dassault Rafalle está levando vantagem. Parte da frota dos novos aviões deve ficar sediada na Base Aérea de Anápolis.

Os mesmos
Diversos sindicatos patronais, em Anápolis, estão mobilizados para a renovação de suas diretorias. Renovação em termos, pois a maioria das chapas é composta por membros das atuais diretorias. O mesmo acontece em relação aos sindicatos de trabalhadores. Estranhamente, a renovação dos quadros é mínima.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Contexto Político

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.618

19/04/2017

Contexto Político...

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.616

12/04/2017

Contexto Político...

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.616

07/04/2017

Contexto Político...

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.615

31/03/2017

Contexto Político...