(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Delegacia do Idoso pode fechar

Geral Comentários 19 de junho de 2015

Manoel Vanderic assinalou que a especializada corre o risco de encerrar atividades, mesmo com a grande demanda que hoje existe na Cidade


O delegado titular do 6º Distrito Policial, Manoel Vanderic Filho, que acumula as especializadas em defesa do Idoso e da Pessoa com Deficiência, afirmou, durante reunião com vereadores, na segunda-feira, 15, que a falta de pessoal está colocando em risco o funcionamento dessas delegacias que são, hoje, referências, não só pelo trabalho de rotina, ou seja, de natureza policial, mas também pelas ações desenvolvidas em prol dos idosos e dos deficientes.


Manoel Vanderic esteve na Câmara Municipal a convite do Presidente Lisieux José Borges (PT), em razão da passagem do Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa. O bacharel lembrou que inicialmente, acreditava-se que não haveria uma demanda muito grande na Delegacia do Idoso - a primeira criada em Goiás, para atender a este segmento – mas, com o passar do tempo, as ocorrências foram se avolumando e, hoje, são pelo menos 20 casos por dia que chegam à especializada. E, não podendo fechar os olhos diante da realidade das pessoas agredidas, muitas das vezes, por parentes próximos, a delegacia buscou parceiros e começou a desenvolver ações sociais junto aos idosos resgatados em condições de maus tratos. “Isso é uma coisa que incomoda muita gente, dizer que a sociedade está um lixo”, asseverou. Ele observou que quando havia apenas o 6º DP, trabalhavam três escrivães e, atualmente, com duas delegacias especializadas incorporadas há, somente, dois escrivães e o número de agentes é também insuficiente.


“Quando fui procurar ajuda, fui orientado a largar a filantropia”, disse o delegado que, mesmo assim, não se curvou às dificuldades e vem desempenhando o trabalho. E adiantou que não tem vocação e nem pretensão de abraçar uma carreira política.


O delegado enfatizou que o problema em relação aos idosos não evolve, apenas, a delegacia, mas toda uma estrutura que inexiste na Cidade, como um abrigo público para acolher idosos vítimas de agressão. Além disso, há algumas entidades como o Lar do Ancião, próximo ao Recanto do Lago, que passa por uma situação difícil por conta de uma dívida com o pagamento de energia. Também, não há um local adequado, segundo Manoel Vanderic, para o encaminhamento de menores portadores de transtornos mentais. Ele citou o caso de um rapaz com quadro grave de esquizofrenia e que tinha de ficar amarrado à cama. Foi preciso obter ordem judicial para o seu encaminhamento para o Hospital Espirita de Psiquiatria. “Têm muitos casos como este”.


O problema maior é que, devido a essa elevada demanda, está difícil encontrarem-se voluntários que possam atuar no dia-a-dia da delegacia. E, por outro lado, não há previsão de concurso público para a Polícia Civil, pelo menos, para os próximos dois anos e a função de escrivão e agente necessita desse procedimento.


O Delegado Regional, Álvaro Cássio, informou que a Delegacia do Idoso não deve encerrar as suas atividades e que já foi providenciada o remanejamento de um escrivão para atuar naquela especializada.


O presidente da Câmara, Lisieux Borges, enfatizou que está preocupado com a possibilidade do fechamento da delegacia, depois de tomar conhecimento das dificuldades apontadas pelo delegado, razão pela qual o mesmo foi convidado a falar sobre o assunto e, com isso, sensibilizar as autoridades competentes e também a população acerca do que vem acontecendo.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Festival fecha o ano com música independente e Pablo Vittar

15/12/2017

O Festival Paralelo Sonoro realiza sua 9ª edição neste ano entre os dias 17 a 23 de dezembro, em Anápolis, Goiás. O foco...

Projeto Criar e Tocar forma nova turma de músicos

15/12/2017

Na última segunda-feira, 11, foi realizada a formatura dos alunos do Projeto Criar e Tocar que concluíram suas atividades e...

Crianças ganharão brinquedos novos

15/12/2017

Vem aí mais uma edição do programa Show de Natal, que faz a entrega de 1 milhão de brinquedos, no mês de dezembro, às c...

IFG oferece cursos com o ensino médio

15/12/2017

Uma boa oportunidade para quem deseja estudar e aprender uma profissão, ao mesmo tempo. Foram abertas as inscrições para o...