(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Definido o projeto da Guarda Municipal que deverá ser encaminhado à Câmara

Política Comentários 30 de novembro de 2017

O assessor especial de Segurança Pública da Prefeitura de Anápolis, Glayson Reis, garantiu na manhã de hoje que o projeto para instituir a Guarda Municipal está concluído.


Apesar de o Prefeito Roberto Naves (PTB) ainda não ter apresentado à Câmara Municipal a proposta para a criação da Guarda Municipal, a discussão na Casa já começou. Na última terça-feira,28, com a galeria lotada de profissionais que atuam como vigias no poder público local, um acalorado debate sobre a questão movimentoi a sessão.
O presidente da Câmara Municipal, Vereador Amilton Filho (SD), foi um dos puxadores do debate. Ele defendeu a tese de que os vigias podem ser aproveitados para atuar na futura Guarda Municipal. Ele salientou que a proposta de criação da mesma foi um dos compromissos de campanha do atual chefe do Executivo e, na sua opinião, o fato de a Prefeitura passar por um momento difícil em relação às finanças e contratações de pessoal, a alternativa de aproveitamento dos vigias seria um bom caminho. Ele observou que esta mesma tese é defendida pelo Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos do Município (SindAnápolis). A presidente da entidade, Regina Faria, inclusive, esteve na sessão acompanhando os vigias e reforçando o apoio da entidade à proposta em discussão.
Líder da oposição, o Vereador Antônio Gomide (PT) também se posicionou favorável ao aproveitamento dos vigias na Guarda Municipal que, conforme lembrou, já tem previsão legal para a sua criação desde 1993. Ele aproveitou o discurso para cutucar Roberto Naves. “A gente conhece um prefeito pelo que ele faz, e não pelo que ele fala. Conhece o prefeito não é por decisão tomada por procurador ou por secretário, falando o que ele pode ou não pode implantar”, disse. Ele defendeu que o Executivo venha para o diálogo com a Cãmara, em relação a esta questão, ou seja, a criação e a definição do modelo de funcionamento da Guarda Municipal.
O líder do Prefeito na Câmara, Vereador Jakson Charles devolveu a provocação feita pelo petista: “É possível conhecer um prefeito pelo que ele fala e faz, e Roberto Naves garantiu que implantará a Guarda Municipal, algo que não foi cogitado em outras gestões. “Ou seja, se não fosse ele [prefeito] com essa ideia, vocês [vigias] nem estariam aqui lutando por seus direitos”. O líder reconhece o direito legítimo dos vigias em pleitearem o aproveitamento na Guarda Municipal, sendo a mesma criada. Porém, ele destacou que a Prefeitura deve trabalhar dentro do aspecto legal. Ele rebateu também uma alegação feota pelo Vereador Antônio Gomide, de que Roberto Naves estaria reclamando que não há recursos para efetivar a Guarda Municipal. De acordo com Jackson Charles, em nenhum momento, o Prefeito colocou que a questão financieira é um empecilho à criação da Guarda. Ele conclamou os seus pares a não darem uma conotação de “politicagem” a este assunto, devido à importância que o mesmo tem para a sociedade.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Daniel se compromete a reduzir IPVA em até 15%

20/09/2018

O candidato ao governo de Goiás pela Coligação Novas Ideias, Novo Goiás (MDB, PP, PRB e PHS), Daniel Vilela (MDB), afirmo...

Candidatura de Caiado ganha mais reforços de lideranças evangélicas

20/09/2018

O respeito e a credibilidade do Bispo Abigail (PSC) junto à sociedade goiana trouxeram um novo peso político à campanha el...

Zé Eliton diz que educação será prioridade em seu novo governo, caso seja reeleito

20/09/2018

O governador Zé Eliton (PSDB) afirmou que avançar mais na Educação é a máxima prioridade de seu novo governo e que a li...

Samuel Gemus: “Trago um novo jeito de fazer política nesta eleição”

20/09/2018

Aos 36 anos de idade e já dono de um extenso currículo na área médica, Samuel Fayad Gemus, ou Dr. Samuel, como muitos o c...