(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Déficit de pessoal preocupa Polícia Civil

Segurança Comentários 05 de junho de 2009

Em mais uma rodada de debates sobre a segurança pública em Anápolis, promovidos pela Acia, delegado da Polícia Civil faz alerta sobre falta de pessoal e propõe discussão mais ampla


O segundo ciclo de debate sobre segurança pública, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Anápolis, em sua reunião ordinária de quarta-feira, 3, trouxe um “raio-x” sobre o trabalho da Polícia Civil. O delegado geral, Jerônimo Rodrigues, que era aguardado para o debate com a classe empresarial local, não pode comparecer devido a problemas particulares de última hora e foi representado, na ocasião, pelo delegado titular do 3º Distrito Policial, Glaysson Charles Rezende Reis.
Durante a reunião, o delegado ressaltou que a principal dificuldade enfrentada pela Polícia Civil, no município, diz respeito à falta de pessoal. O quantitativo atual, segundo ele, atenderia a uma cidade com população de 100 mil habitantes. “Hoje temos uma cidade com quase 400 mil habitantes e vários cidades do entorno que recorrem aos plantões nos finais de semana e feriados”, sublinhou Glaysson Reis, acrescentando que isso tem gerado uma grande sobrecarga de trabalho para os delegados que, muitas das vezes, depois de cumprirem o expediente, em alguns casos, são obrigados a dobrar a jornada com o plantão.
Glaysson Reis tomou por exemplo o próprio 3º DP, onde é titular. Além de cobrir uma extensa área de bairros a partir do Jundiaí, abrangendo uma grande faixa populacional, ele e sua equipe - três escrivães, cinco agentes e um auxiliar de agente - se dividem ainda entre as tarefas das delegacias especializadas do Meio Ambiente e do Consumidor. O quadro é semelhante nos outros DPs, o que tem dificultado o atendimento às ocorrências levadas pela Polícia Militar. Essa deficiência, entretanto, somente poderá ser suprida a partir do provimento de cargos por concursos. E, neste caso, concitou a Acia e outros segmentos organizados a cerrarem fileiras visando sensibilizar o Estado, para o aumento do efetivo na cidade.

Flagrantes
Além disso, o bacharel defendeu a mobilização de esforços para que seja criada mais uma central de flagrantes que, em sua opinião, deveria ficar localizada na região da Vila Jaiara, atendendo a parte norte do município. E, depois, lutar para expandir também em outros setores, por que a descentralização traria maior agilidade aos trabalhos. O delegado ponderou que em termos de viaturas e armamentos, a Polícia Civil de Anápolis não tem registrado maiores problemas. Na parte burocrática, está sendo implantado o sistema informatizado para a produção de documentos para o Judiciário.
Ainda na reunião, o delegado defendeu que haja uma “sintonia fina” entre todos os organismos envolvidos diretamente com a segurança pública na cidade, inclusive, apresentando uma proposta de um fórum reunindo as polícias Militar, Civil, Federal, Rodoviária Federal, Ministério Público, Judiciário e entidades da sociedade organizada. Outro ponto defendido seria a criação da Secretaria Municipal de Defesa Social, com o objetivo de se criar uma política permanente para o setor, como muitos municípios brasileiros já estão fazendo.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...