(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

DAIA e postos de combustíveis viram alvos de bandidos

Violência Comentários 02 de fevereiro de 2014

Câmeras de segurança do Porto Seco registram dois casos de roubo que colocaram o Distrito Agroindustial em alerta.


Empresários do Distrito Agro Industrial de Anápolis (DAIA) estão apreensivos com algumas ocorrências de roubo que têm ocorrido na região. No ano passado, a situação já havia sido relatada, durante um encontro com empresários, representantes dos trabalhadores e dos órgãos ligados à segurança pública. Naquela oportunidade, os relatos davam conta de pessoas que teriam sido assaltadas em pontos de ônibus, além de denúncias de pontos de uso de drogas e vendas de bebidas alcoólicas. Agora, as situações relatadas são de roubos em empresas.
A primeira situação ocorreu no último dia 21, quando por volta das 13h, as câmeras de segurança do Porto Seco registraram a aproximação de um Gol a uma empresa que fica nas proximidades. O carro de cor prata parou ao lado de outro veículo e depois de alguns minutos saiu, quando a segurança do Porto Seco foi abordar o veículo que havia entrado na via de acesso a empresa, o mesmo saiu em alta velocidade, se evadindo do local.
Alguns minutos depois o dono do carro que estava estacionado próximo ao Porto Seco, apareceu solicitando as imagens de segurança, pois todo equipamento de som de seu carro havia sido roubado. Rapidamente o Centro Operacional de Segurança do Porto Seco identificou a placa do Gol, permitindo o deslocamento da Polícia Militar em tempo hábil para efetuar a prisão.
Ao saber da história ainda no mesmo dia, mais uma vítima dos assaltantes apareceu no Porto Seco: um funcionário de outra empresa do DAIA teve os aparelhos de som, itens pessoais e até mesmo a bateria do seu carro roubados. No fim do dia a polícia rastreou roubos da dupla de assaltantes no estacionamento de outras quatro empresas do Distrito.
Quatro dias depois, no sábado, dia 25, outro caso chamou atenção das câmeras de segurança da empresa. Por volta das 20h30 um caminhão tanque foi estacionado na via paralela a via de acesso à empresa. Por meio de procedimento padrão os seguranças da empresa entraram em contato com a construtora que atua na obra da Norte-Sul para checar se o veículo pertencia a eles ou se fazia alguma movimentação a seu pedido. A construtora disse que não tinha nada a ver com o tanque.
A segurança se deslocou até o tanque que já havia sido deixado abandonado sem o cavalo mecânico, foi encontrada etiqueta de identificação com nome do proprietário e telefones. Após entrar em contato com o mesmo, o proprietário informou que a carreta havia sido roubada em Senador Canedo na sexta-feira e realizava o carregamento de etanol.
O Porto Seco entrou em contato com a PM e o DETRAN para registrar o ocorrido. O proprietário enviou outro cavalo mecânico para realizar a remoção do tanque que já tinha tido seu etanol roubado e estava vazio. O cavalinho foi encontrado no domingo em Aparecida de Goiânia e os responsáveis pelo roubo ainda não foram encontrados. (Informações da ASCOM do Porto Seco Centro Oeste)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Anápolis aparece em relação das cidades mais violentas do Brasil

09/06/2017

Em 2015, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes de Anápolis, ficou em 40,9. Somada às Mortes Violentas com Causa Inde...

Governo diz que Goiás é um dos estados com menor índice criminal

09/06/2017

Os índices de criminalidade em Goiás apresentam queda sequenciada a partir de 2016. Na comparação entre janeiro e maio de...

Judiciário quer ações práticas para reduzir criminalidade em Anápolis

02/06/2017

A busca de soluções para o crescente aumento do índice de criminalidade em Anápolis foi debatida no final da tarde da úl...

Emanuelle Muniz e Emanuelle Ferreira: passageiras da agonia

04/05/2017

Emanuelle Muniz Gomes tinha 21 anos. Era transexual. Bela; extrovertida; meiga, alegre e filha carinhosa. Apesar da pouca ida...