(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

DAIA 2: Implantação depende de aprovação do Plano Diretor

Geral Comentários 19 de fevereiro de 2016

Prefeito afirma que o projeto está em fase adiantada e que, já no lançamento do novo distrito, deverão ser apresentadas as primeiras empresas


Na última quarta-feira,17, durante a solenidade que comemorou os 80 anos da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), o Prefeito João Gomes declarou, em entrevista à imprensa, que está otimista em relação ao projeto de criação do novo distrito industrial, o chamado DAIA 2, para que o município volte a receber empreendimentos de grande porte. O que não vem ocorrendo nos últimos anos, por falta de áreas no atual distrito.
De acordo com João Gomes, vários passos já foram dados para viabilizar o projeto, como a elaboração do protocolo de intenções firmado entre o Município e o Estado, o qual se encontra ainda em análise no Governo Estadual. Ao contrário do atual distrito, que é gerido pelo Estado, através da Codego (Companhia de Desenvolvimento do Estado de Goiás)- o DAIA 2 será constituído a partir de investimento da iniciativa privada.
Conforme explicou o chefe do Executivo, é preciso agora, que haja a aprovação de alterações no Plano Diretor, especialmente, quanto a expansão do perímetro urbano, para regulamentar a área do empreendimento, na região da Vila Igrejinha. Uma vez aprovada a mudança, João Gomes acredita que num prazo de 30 a 60 dias o DAIA 2 seja lançado, inclusive, adiantou, com algumas empresas já sendo anunciadas para o novo distrito.
Por ser um empreendimento privado, João Gomes assinalou que isso contribuirá para agilizar a implantação da infraestrutura necessária para acolher as novas plantas fabris. Consequentemente, o Governo Estadual não terá este ônus. As empresas que adquirirem áreas no DAIA 2, por sua vez, gozarão de benefício fiscal que vai compensar o desembolso com a aquisição do terreno. O Município contribui com o processo de regularização da área e com os incentivos que estão dentro da sua competência.
De acordo com João Gomes, todos estes detalhes estão sendo devidamente articulados, para que o DAIA 2 possa ser uma alternativa viável para as empresas que desejarem realizar investimentos em Anápolis.
O Prefeito disse que, durante o encontro que teve com o governador em exercício, José Eliton, foi tratada a questão da implantação do DAIA 2. Da mesma forma, o projeto foi apresentado à secretária estadual da Fazenda, Ana Carla Abrão. “Eles gostaram muito e estão abraçando a ideia”, disse João Gomes. O governador Marconi Perillo já havia declarado integral apoio à iniciativa e o projeto foi discutido em algumas reuniões com o prefeito João Gomes.
O projeto do DAIA 2 será o primeiro modelo de parceria público privada adotado em Goiás para implantação de distrito industrial.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...