(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

DAIA 2: Ampliação é um anseio do setor produtivo

Especial Comentários 03 de outubro de 2014

A área técnica do Governo Estadual já estuda o projeto de implantação de um novo distrito agro industrial em Anápolis


No mês de junho último, a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG), juntamente com a sua Regional em Anápolis e a Associação Comercial e Industrial (ACIA), realizaram o Seminário: “Daia - Perspectivas e Soluções”, com o objetivo de reunir os empresários do Distrito Agro Industrial e representações dos governos Municipal, Estadual e Federal, com o objetivo de discutir soluções para os problemas enfrentados pelo DAIA.
Um dos principais itens da pauta foi a ampliação do Distrito, que teve como participantes dos debates o secretário de Indústria e Comércio, Willian O´Dwyer e o então presidente da Goiasindustrial, Ridoval Chiareloto. Na oportunidade, eles informaram aos presentes sobre os procedimentos para a desapropriação de áreas, a retomada de áreas não utilizadas ou utilizadas fora das regras e, ainda, o projeto para a implantação do DAIA 2.
Na primeira etapa da ampliação, foi garantido espaço para abrigar em torno de 40 plantas fabris e, a intenção agora, é partir para o DAIA 2, a ser implantado em uma nova área, dotada de toda a infraestrutura necessária. Para os representantes do Governo Estadual, a ampliação do DAIA é uma necessidade, em razão da grande procura de empresas por espaço. Mas, trata-se de um procedimento que demanda tempo, em razão da burocracia que envolve as desapropriações e, também, para a realização das obras de infraestrutura.

Plataforma
A expansão do polo industrial anapolino passa, ainda, por outros dois projetos: a Plataforma Logística Multimodal, que já dispõe de área e infraestrutura básica para receber investimentos ligados ao setor de logística. E o Parque Tecnológico, empreendimento da iniciativa privada que contará com incentivos governamentais para atrair empreendimentos ligados ao segmento de alta tecnologia e inovação. A expectativa é atrair cerca de R$ 1 bilhão em investimentos, quando o projeto estiver plenamente consolidado.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Especial

Equipe realiza Seminário de Educação em Kuito

12/01/2018

A equipe que participa do projeto EDUKA+ANGOLA realizou entre os dias 03 a 05 de janeiro, na cidade do Kuito, na província d...

Força tarefa investiga morte de agentes prisionais em Anápolis

05/01/2018

Em entrevista coletiva na manhã da última quarta-feira, 03, o Delegado Geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio, anunciou a...

RETROSPECTIVA 2017 - Um ano de muitas conquistas para o setor cultural anapolino

29/12/2017

O ano de 2018 foi positivo para o setor cultural de Anápolis, apesar das dificuldades enfrentadas pela Prefeitura. A avalia...

RETROSPECTIVA 2017 - A economia tenta retornar aos trilhos do desenvolvimento

29/12/2017

Balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho revelou que 2016 fechou com saldo negativ...