(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Custo da construção está dentro da média

Geral Comentários 19 de dezembro de 2014

De acordo com o IBGE, custo por metro quadrado mais caro do País é o do Rio de Janeiro


O Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil, calculado mensalmente pelo IBGE, através de convênio com a Caixa (Caixa Econômica Federal), foi criado em 1969 com o objetivo de produzir informações de custos e índices de forma sistematizada e com abrangência nacional, visando a elaboração e avaliação de orçamentos, como também acompanhamento de custos. O SINAPI tem abrangência nacional, sendo seus resultados relativos às 27 Unidades da Federação.
No cálculo das séries mensais de custos e índices são consideradas apenas as despesas com materiais e salários (acrescidos dos encargos sociais). Não estão incluídas as despesas relativas aos seguintes itens: compra de terreno; execução dos projetos em geral; licenças, habite-se, certidões, seguros; administração da obra; financiamentos; lucro da construtora e incorporadora; ligações domiciliares de água, energia elétrica e esgoto; depreciações dos equipamentos; equipamentos mecânicos (elevadores, compactadores, exaustores); equipamentos de segurança, máquinas, ferramentas e fundações especiais.
Em Goiás, a variação do Índice da Construção Civil foi de 0,38%, acima da variação nacional para o mesmo mês (0,20%) e da variação do índice no estado em outubro (- 0,55%). Com a variação de novembro, no acumulado dos últimos 12 meses, o índice goiano foi de 6,47% contra 5,50% no índice nacional.
Para os materiais de construção, a variação em Goiás foi de 0,65%, enquanto que para mão de obra, a variação foi nula (0,00%). No Brasil, a variação dos materiais de construção foi de -0,07% e a mão-de-obra apresentou variação de 0,52%.
O custo nacional da construção civil, por metro quadrado aumentou de R$ 905,65 em outubro para R$ 907,43 em novembro, enquanto em Goiás, esse custo aumentou de R$ 894,36 para R$ 897,79 na mesma comparação. O custo por metro quadrado mais caro do país é do Rio de Janeiro (R$ 1.041,37), e o mais baixo em Rio Grande do Norte (R$ 790,55).

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...