(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Curta-metragem anapolino participa de Festival de cinema em Veneza

Cultura Comentários 17 de maro de 2017

O cineasta Daniel Sena, autor de “Enzo, estará representando o País em renomado festival italiano


A nova Prefeitura de Anápolis tem como uma de suas prioridades o fomento à cultura e o incentivo aos artistas de nossa cidade. Um exemplo é o apoio dado, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, ao jovem cineasta Daniel Duarte Sena, diretor do curta-metragem “Enzo”, que participa de 15 a 17 de março, do Festival Ca’Foscari, em Veneza na Itália.
De acordo com o cineasta, o apoio da Prefeitura foi fundamental para sua participação no Festival. “Sem essa parceria eu não sei se conseguiria viajar para Veneza”, diz. O Festival de Curtas-Metragens de CA’Foscari que está em sua 7ª edição, acontece na Universidade homônima, ao nome do evento. A mostra competitiva internacional recebeu inscrições de curtas-metragens do mundo inteiro e o curta “Enzo” foi selecionado para estar entre os 30 filmes da competição.
Daniel aponta que a oportunidade é única, principalmente, por levar Anápolis às telas do continente europeu, tendo em vista que equipe técnica, atores e as locações de rodagens são da cidade. “Levaremos Anápolis para um Festival que terá representantes do cinema universitário de todo o mundo. Isso é gratificante”, relata. O cineasta participou do evento Dia das Rosas, no último sábado, 11, onde se encontrou com o prefeito Roberto Naves.
A realização do curta-metragem contou em peso com pessoal e estrutura na cidade. Participaram do curta os atores anapolinos Salomão Cruz, Eduardo Rosário, Jonathas Tavares e Rainan Pires que já atuaram em outros filmes realizados na cidade. A equipe técnica conta com premiados da produtora Rosa dos Ventos, como os anapolinos Matheus Amorim (direção de fotografia) e Hugo Crisóstomo (montagem).
Curta
O filme Enzo conta a história de um rapaz que tem problemas após a morte de sua mãe. Seu irmão mais velho tem que segurar a barra, enquanto o garoto luta para saber o que é ou não real, em seu difícil estado psíquico. O curta foi finalizado em 2016 e antes da seleção para o festival veneziano, alcançou seleções de festivais nos estados do Ceará e Rio de Janeiro. Além disso, conta com prêmios nos festivais:, Goiânia Mostra Curtas; Mostra de Cinema de Horror; Festival Pop Corn da Unip de Sorocaba; e Festival do Vale do Araguaia. Recebeu ainda menção honrosa no Festival de Cinema de Belém (PA).

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Uma geladeira cheia de letras e histórias

20/09/2018

Quem passa pelo Terminal Urbano já deve ter visto uma geladeira cheia de livros e revistas. A “Biblioteca Livre”, como ...

Influenciadores digitais impactam os jovens

20/09/2018

Os influenciadores estão em segundo lugar no poder de tomada de decisão na compra de um produto, perdendo apenas para amigo...

Feira literária chega com mais novidades

20/09/2018

Iniciada na quinta-feira, 20, vai até sábado, 22, a terceira edição da Feira Literária de Anápolis (3ª FLANA). Trata-s...

Joanápolis recebe o projeto Gira Cultura

14/09/2018

O projeto Anápolis Gira Cultura tem a sua segunda edição no distrito anapolino de Joanápolis neste sábado, 15, a partir ...