(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Curso nos EUA para professores da rede estadual

Geral Comentários 14 de fevereiro de 2014

Programa é desenvolvido junto à embaixada americana e ofertará bolsa para os professores que forem selecionados


A Superintendência de Acompanhamento de Programas Institucionais da Secretaria da Educação (Seduc) recebe, até o dia 14 de março próximo, inscrições dos professores de Inglês do Ensino Médio da rede estadual interessados em participar do International Leaders in Education Program (ILEP) – Programa Líderes Internacionais em Educação 2015. O programa é uma iniciativa do Departamento de Estado Norte-americano, realizada no Brasil pela Embaixada Americana em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que oferece um curso de aperfeiçoamento de cinco meses nos Estados Unidos a professores de Inglês de escolas públicas.

Os professores com experiência de no mínimo cinco anos em sala de aula, que tenham fluência oral e escrita em inglês, pouca ou nenhuma experiência acadêmica ou profissional no exterior e estão atualmente atuando em regência de classe na disciplina Inglês estão aptos a participar da seleção. Os interessados devem preencher o formulário de inscrição, carta de recomendação da escola e o currículo resumido. Veja aqui.

O objetivo do programa é fortalecer a excelência no ensino da língua inglesa e oferecer aos participantes um conhecimento aprofundado das melhores práticas em metodologias do ensino de Inglês, possibilitando aos educadores desenvolver relações produtivas com profissionais e instituições dos EUA e de outras partes do mundo e, ao mesmo tempo, compartilhar o que aprenderam com a comunidade escolar de origem. Os participantes do ILEP têm o compromisso de continuar lecionando Inglês na rede pública após o curso de aperfeiçoamento.

Bolsa
Os professores selecionados para o ILEP 2015 terão todas as despesas pagas para o transporte, alimentação, hospedagem e atividades educacionais. A bolsa oferece: assistência para o visto de intercâmbio (J-1); orientação pré-partida no Brasil; passagens aéreas de ida e volta Brasil – EUA – Brasil; boas-vindas em Washington DC; custos/taxas para participação no programa; hospedagem; seguro-saúde; ajuda de custo para alimentação e outras despesas; ajuda de custo para compra de um laptop para atividades acadêmicas; além de oportunidade de submissão de proposta para apoio financeiro a projetos educacionais relacionados ao aprendizado adquirido.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...