(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cronograma de obras segue normal, apesar das chuvas

Cidade Comentários 08 de janeiro de 2016

Secretaria de Obras afirma que os serviços estão caminhando dentro do cronograma previsto


Nos últimos dias, surgiram especulações de que as obras do viaduto no cruzamento da Avenida Brasil com a Avenida Goiás estariam acontecendo em ritmo mais lento, possivelmente, em função do aumento no volume de chuvas, que é comum na região nesta época do ano. Trata-se de uma obra de engenharia complexa e num local que é considerado o “sistema nervoso” do trânsito no Município, com as vias que cortam a Cidade nos sentido Norte e Sul e Leste e Oeste. Portanto, é uma preocupação recorrente, sobretudo, porque quem passa no local, tem de ter uma certa dose de paciência, principalmente, nos horários de pico.
O secretário municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, Leonardo Viana, informou ao Jornal Contexto nesta quinta-feira,07, que a obra está transcorrendo dentro do cronograma esperado e que, até agora, a chuva não atrapalhou, “porque já era esperada”. Conforme adiantou, o serviço está na fase de cravação de estacas e concretagem dos blocos de formação dos pilares.
A obra foi iniciada no dia 22 de setembro do ano passado, com previsão de durar cerca de um ano. Ela faz parte de um contrato que foi assinado com a Caixa Econômica Federal, no dia 24 de outubro de 2014, para execução do projeto de corredores exclusivos e preferencias para o transporte urbano de passageiros, dentro do programa Pró Transportes - PAC 2 – Mobilidade Médias Cidades do Governo federal.
Segundo a Prefeitura, o projeto prevê investimentos da ordem de R$ 77 milhões na construção dos 47 quilômetros de corredores exclusivos e preferenciais para o transporte coletivo. Dentro do “pacote” de obras, está incluída a construção de dois viadutos urbanos: este já iniciado, no cruzamento das avenidas Brasil e Goiás, e o outro (ainda não iniciado) no cruzamento da Avenida Brasil como a Rua Amazílio Lino.
Nas avenidas Pedro Ludovico, Presidente Kennedy, Fernando Costa, São Francisco e JK, serão adaptados corredores preferenciais para o transporte coletivo. Nestes locais, também serão feitas importantes intervenções para a melhoria do fluxo de veículos e, consequentemente, com mudanças que vão alterar o paisagismo urbano.
“As obras vão fazer com que a população tenha um transporte público ágil e de qualidade, além de intervenções que vão facilitar a vida dos condutores, ciclistas e pedestres”, completa o diretor-geral da Companhia Municipal de Trânsito e Transporte, Alex Martins. Segundo ele, o órgão tem monitorado o trânsito nas imediações da obra, atuando sempre que necessário para garantir uma melhor fluidez no movimento de carros, ônibus, caminhões, motocicletas, dentre outros, que é bastante intenso.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Prefeitura e Saneago retomam diálogo sobre concessão, mas falta acordo sobre valores

27/04/2019

O presidente da Saneago, Ricardo José Soavinski, acompanhado de diretores da estatal, esteve em Anápolis nesta sexta-feira,...

Prefeitura garante repasse para que Santa Casa mantenha UTI pediátrica funcionando

27/04/2019

Na manhã desta sexta-feira, 26/04, o Prefeito Roberto Naves recebeu a diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Anápolis....

Revitalização do centro é desafio na segunda etapa do mandato de Roberto

26/04/2019

Um passo crucial para a revitalização da região central de Anápolis, a retirada dos ambulantes que ocupam as calçadas, ...

Cidade terá exposição de Mangalarga Marchador

25/04/2019

Criadores da raça Mangalarga Marchador de quatro estados brasileiros e do Distrito Federal, estarão em Anápolis durante o ...