(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cronistas avaliam boas chances das equipes anapolinas

Esportes Comentários 07 de junho de 2012

Jânio Silva, ex-jogador profissional, hoje comentarista da equipe de esportes da Rádio Manchester AM, disse que trata-se de uma competição bastante equilibrada, de curta duração e que vai exigir muito das equipes


Jânio Silva, ex-jogador profissional, hoje comentarista da equipe de esportes da Rádio Manchester AM, disse que trata-se de uma competição bastante equilibrada, de curta duração e que vai exigir muito das equipes. Para ele, é fundamental haver um grupo forte, com bons quadros para o banco de reservas e com eficiência nos jogos “fora de casa”. Jânio diz que, em termos gerais, o time que apresenta a melhor estrutura, pelo menos em princípio, é o Anápolis Futebol Clube. E explica por que: “Tem um bom plantel; conta com jogadores conhecidos, o treinador, também, é experiente e a diretoria oferece todo o respaldo técnico, econômico e de acolhimento. Isto pesa muito e se houver o empenho dos jogadores, dificilmente dará errado”, disse Jânio Silva. Ele não descarta, ainda, um bom desempenho do Grêmio Anápolis embora, em sua opinião o time seja “uma incógnita. Pode dar certo, sim, o plantel é bom o pessoal da retaguarda é profissional”, justifica.
Miguel Squeff, chefe da equipe esportiva da Rádio São Francisco AM, entende que cinco times vão disputar as quatro vagas da segunda fase. E, aponta: Anápolis; Grêmio Anápolis; Jataiense, Santa Helena e Goiânia Esporte. “São os times que melhor se prepararam, contrataram jogadores experientes, treinadores competentes e têm bom respaldo administrativo/financeiro”. Segundo ele, os dois times da Cidade (Grêmio e Anápolis) têm tudo para subirem à divisão de elite do ano que vem. Ele assegura que o fator mando de campo é fundamental. “Não se pode perder ponto nos jogos em casa”. Miguel Squeff diz, também, que é importante o foco na disputa para não se perderem pontos em jogos considerados fáceis. “O Campeonato tem nove times com jogos de ida e volta. Cinco caem na primeira fase. Portanto, todo o cuidado é pouco. Mas, a rigor, nenhum time, antes de a bola rolar, pode se considerar favorito em qualquer disputa”, disse Miguel Squeff.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Taça Mané Garrincha - Galo chega à semifinal invicto

20/10/2017

O trabalho realizado por Nassim Hajjar; Mário Alves, Ademir Marinho e Alan George vem gerando bons resultados nas categorias...

Conselho Técnico irá definir o planejamento

20/10/2017

O Conselho Técnico do Campeonato Goiano de 2018 irá acontecer nas próximas semanas e a Anapolina aguarda a definição por...

Campeonato pepa foi um sucesso

12/10/2017

Sob a coordenação de Daniel Victor Barros e Diego de Jesus Freitas, o Campeonato Pepa foi encerrado com sucesso na partida ...

Chuva não interrompe obra no estádio Jonas Duarte

12/10/2017

O torcedor anapolino vai ter que esperar o Campeonato Goiano de 2019 para ver o novo Estádio “Jonas Duarte” totalmente a...