(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Criminalidade explode e amedronta população

Segurança Comentários 10 de fevereiro de 2017

Em 40 dias, 32 mortes violentas foram apuradas pela imprensa policial. Nos registros oficiais, são 25. Boa parte das vítimas é formada de jovens


O corpo de José Nayron Rodrigues de Lima, um rapaz de 18 anos, foi encontrado numa área de mata na altura do Km 129 da BR-060, no Bairro São João. Mais uma morte violenta para figurar na triste estatística da violência que assombra Anápolis neste início de ano.
Oficialmente, são 25 mortes violentas nos registros da Polícia Civil. Mas, na cobertura policial que é feita diariamente nas emissoras de rádio da Cidade, este número chega a 32. Vale ressaltar que os registros oficiais não computam como homicídio as mortes registradas em crimes de latrocínio. Não se computam, também, as mortes que ocorreram de pessoas que morreram nos hospitais e nem aquelas decorrentes de confrontos com a polícia.
Com base nos números da imprensa, portanto, são 32 mortes violentas em 40 dias até na manhã de quinta-feira, 09, quando foi encontrado o cadáver do rapaz citado no início da matéria, com um tiro no peito.
Não é só o número que chama a atenção, mas, também, o fato de que, boa parte das vítimas seja constituída de jovens. Há poucos dias, três deles foram mortos em circunstâncias que ainda estão sendo apuradas pela polícia. Os corpos de Leandro Silva Vicente, 37 anos, Filipy Henrique Nunes, 29 anos e de Rodrigo Henrique Santana Ferreira, cuja idade não foi divulgada, foram localizados em diferentes pontos da Cidade, todos com marcas de tiros.
O delegado Vander Coelho, que atua no caso, aponta que os rapazes teriam se encontrado na casa de Filipy com o objetivo de irem a uma festa, na sexta-feira, 03. No entanto, eles não chegaram ao evento. Teriam sido emboscados. A motivação do crime ainda é investigada e as informações preliminares levam a crer que cada uma das vítimas teria sido morta no local onde foi encontrada.
No domingo, 06, a população que já estava perplexa com a morte daqueles três jovens, foi abalada com a morte de Donato Gontijo, de 27 anos de idade, vítima de latrocínio. Ele foi assassinado dentro de sua residência, pela manhã, quando se preparava para ir para o trabalho na padaria da família. Os autores não se contentaram, apenas, em roubar, mas deixaram um rastro de sangue e uma cicatriz que para sempre ficará aberta na memória da família e amigos de Donato, que era um rapaz trabalhador e conhecido como uma pessoa serena.
Na última quarta-feira, 08, o Vereador Leandro Ribeiro apresentou uma moção na Câmara Municipal, a ser levada ao secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Coronel Edson Costa, solicitando providência no sentido de conter a onda de mortes violentas no Município.
Estatística
Oficialmente, nos registros da Polícia Civil, no ano passado ocorreram 195 homicídios. Nos levantamentos feitos pela imprensa, as mortes violentas chegaram à casa de 200. São números que incomodam a polícia, que tem procurado fazer a sua parte, em meio a uma série de dificuldades e que causam medo à população, sobretudo, pelo elevado grau de barbárie nos crimes. (Com informações do G1).

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...