(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Crimes bárbaros marcaram a semana

Segurança Comentários 08 de maro de 2018

Rapaz teria sido jogado, ainda, com vida em lago. Duas mulheres foram assassinadas em tiroteio num bar


Em ação rápida, a Polícia Civil desvendou o assassinato do jovem Thiago Prata Rocha Lemes, cujo corpo foi encontrado boiando na represa de um pesque-pague, região Nordeste de Anápolis. Ele foi morto na noite de terça-feira, 06 de março e o crime teria sido praticado por Jânio da Silva Góis, com a ajuda de Eliseu Alves de Lima, funcionário do referido estabelecimento. Este (Eliseu) disse que não participou diretamente, do espancamento da vítima e que, apenas, foi obrigado a ajudar o autor confesso, Jânio da Silva Góis, a jogar o corpo no lago, sob pena de ser morto por ele. Mas, o delegado Vander Coelho Júnior, da Divisão de Homicídios, disse que é prematuro avaliar a participação, tanto de um, como de outro. Os dois acusados foram apresentados na manhã de quinta-feira, 08, na sede do Plantão Geral de Polícia.
De acordo com a versão inicial, a vítima (Thiago Prata Rocha) que era apelidada de “Dubai”, chegou ao local no meio da noite e teria ligado para um serviço de Uber, com o objetivo de irem, ele e os dois acusados, para o centro da Cidade se divertirem. Entretanto, alguns minutos depois, ele teria desistido da viagem, o que teria irritado a Jânio, que o agrediu. Quando a Polícia Militar chegou ao local, após ser acionada por populares, no início da manhã do dia 07, o corpo estava boiando. No pesque-pague havia sobras de bebida alcoólica e de cocaína. Há suspeitas (só a perícia dirá) de que a vítima tenha sido jogada na água ainda com vida. O crime foi bastante comentado em Anápolis onde os envolvidos tinham vasto conhecimento. Os dois acusados foram localizados e presos, após haverem se escondido em casas de familiares na mesma região onde cometeram o crime.
OUTROS CRIMES
A semana registou, ainda, na segunda-feira, 05, o crime de homicídio que teve como vítima Luciano Marinho de Souza, 21 anos. Ele foi morto dentro de sua própria casa, no Jardim Esperança. A residência foi invadida durante a noite pelo matador (ou matadores) e uma rajada de tiros resultou na morte do jovem. Segundo relatos da Polícia Civil, ele tinha vários envolvimentos criminais. A Polícia iniciou as investigações para apurar as circunstâncias do assassinato.
Ainda, na noite de segunda-feira, 05, um duplo homicídio e uma tentativa, praticados no interior de um bar no setor Calixtolândia, mobilizou toda a Polícia da Cidade. Iranete Maria, dona do estabelecimento e Fernanda Moura Silva, que ali se encontravam, receberam vários tiros. Iranete morreu no local e Fernanda, ainda, foi levada com vida para o Hospital de Urgências, mas não resistiu. Outro cliente do bar, de nome John Inácio, foi baleado na perna, mas sobreviveu. Investigações preliminares dão conta de que o alvo do atirador era, somente, Fernanda. Ela teria ligações com outro crime de morte, praticado dias antes na mesma região. Já, Iranete morreu por conta de balas perdidas.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Encontrado corpo de jovem esfaqueado

24/05/2018

A Polícia Civil, através do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), com a colaboração do Corpo de Bombeiros, encont...

Policiais da CPE homenageados pelos vereadores de Anápolis

17/05/2018

A Câmara Municipal de Anápolis entregou, durante a sessão de quarta-feira,16, Moção de Aplauso a policiais militares do ...

Celas modulares serão implantadas

03/05/2018

O diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa, apresenta nesta sexta-feira, 04, o modelo de cela mod...

Polícia Civil faz ação para combater crimes na região

03/05/2018

A Polícia Civil, através do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da 3ª Regional de Anápolis, realizou, na manhã ...