(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cresce o número de vítimas da violência envolvidas com álcool

Geral Comentários 21 de fevereiro de 2013

Pesquisa foi feita pelo Ministério da Saúde, em 71 hospitais públicos. Além disso, 21% dos acidentes de trânsito envolveram bebida alcoólica


Nada menos que 49% das vítimas de agressão atendidas nos hospitais públicos, em todo o Brasil, haviam consumido bebida alcoólica. Os jovens são os principais atingidos pelas agressões físicas relacionadas ao uso de álcool. O estudo, que é de 2011, foi concluído no final do ano passado, e divulgado esta semana, aponta que 56% dos casos de agressão e 39% de acidentes de trânsito ocorreram com pacientes entre 20 e 39 anos.
Outro dado preocupante revela que o álcool, também, está relacionado à quantidade de vítimas de acidentes de trânsito. De acordo com o estudo, um em cada cinco acidentes envolveram a ingestão de bebida alcoólica. O estudo mostra que, entre as vítimas de acidentes de trânsito, 21,4% dos pedestres, 22,3% dos condutores e 17,7% dos passageiros apresentavam sinais de embriaguez ou confirmaram o consumo de álcool. O levantamento faz parte da Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA) e ouviu 47 mil pessoas em todas as capitais de estado e em Brasília.
Em 2011, mais de 47 mil pessoas vítimas de agressão foram atendidas pelo Sistema Único de Saúde. A maioria delas (54,3%) pertence ao sexo masculino. A quantidade de homens (24,9%) envolvidos em acidentes de trânsito ligados ao álcool também foi maior que a de mulheres (10,2%). Ainda em 2011, o Governo Federal gastou R$ 200 milhões no SUS com a internação de pacientes que se envolveram em acidentes de trânsito.

A campanha
E, foi com o objetivo de orientar condutores sobre o perigo da mistura entre direção e álcool, que o Ministério da Saúde desenvolveu o projeto “Vida no Trânsito” em 2009. Ocorre que, lamentavelmente, apenas cinco capitais brasileiras (Belo Horizonte; Teresina; Curitiba, Campo Grande e Palmas) participaram dessas ações. Nos últimos quatro anos, cerca de R$ 25 milhões foram gastos com este projeto.
Conforme disse, ainda, o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Alexandre Cordeiro Macedo, foram notadas mudanças ‘significativas’ no comportamento dos condutores depois da implantação da Lei Seca. “A segurança no trânsito está relacionada a três pilares muito importantes: a conscientização, uma legislação efetiva e uma fiscalização eficiente. Nós temos que conscientizar a população da importância de se ter um trânsito seguro", afirmou o Ministro Alexandre Cordeiro Macedo.

Por estado
O Governo ainda não divulgou dados específicos da cada estado. Mas, o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, revelou que o Distrito Federal é a unidade com a maior proporção de vítimas de agressão relacionadas ao consumo de álcool.
De acordo com ele “de todas as capitais, Brasília foi a que apresentou a maior proporção em relação às demais. Esse dado chamou a atenção de todos nós e os gestores locais certamente vão trabalhar com ele", afirmou o ministro.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Prefeitura quer novas regras para a exploração do serviço funerário

27/04/2017

A Prefeitura de Anápolis vai criar novas regras para a exploração do serviço funerário. As atuais são consideradas obso...

Membros do Conselho da Juventude empossados em concorrida solenidade

27/04/2017

Aconteceu na manhã da última terça-feira, 25, no miniauditório da Prefeitura de Anápolis, a posse dos membros do Conselh...

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....