(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

CREAGO: Processo eleitoral movimenta profissionais de Anápolis

Política Comentários 16 de setembro de 2011

Candidato Nélio Fleury esteve na Cidade participando de um encontro com os profissionais de várias áreas ligadas à engenharia para expor o seu programa


“Minha candidatura não é de oposição, é de opção”. Com esta frase, o engenheiro Nélio Fleury traça um perfil da sua candidatura à presidência do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado de Goiás (CREAGO), cujas eleições vão ocorrer no dia 8 de novembro próximo. Na última quarta-feira, 14, ele esteve em Anápolis para um encontro com profissionais da Cidade, quando colocou as suas propostas caso venha a vencer o processo eleitoral. Ele concorre contra o presidente licenciado, Gerson de Almeida Taguatinga.
Em entrevista ao CONTEXTO, pouco antes do encontro, Nélio Fleury ressaltou que a sua principal proposta é fazer com que o CREAGO tenha uma atuação mais próxima da sociedade o que, segundo ele, não estaria ocorrendo na atual gestão. Conforme observou, as áreas de atuação ligadas ao Conselho têm impacto na vida de todas as pessoas. “Na casa que construímos têm o engenheiro e o arquiteto; no alimento que vai à nossa mesa tem o agrônomo, enfim, nossas atividades são vitais para a sociedade e, por isso, não podemos ter uma ação distante dela. Muito pelo contrário, temos de estar próximos para correspondermos aos seus anseios”, destacou.
O candidato observou que em Goiás existem em torno de 30 mil profissionais, potenciais eleitores, sendo mais de dois mil em Anápolis. “Devido a essa importância do Município, estamos começando, por aqui, o nosso trabalho de campanha fora da capital”, justificou. Afirmou que concorreu na eleição passada e, embora não tenho vencido, foi o mais votado na Cidade. “Tenho essa afinidade com Anápolis e vejo aqui um ponto importante para trabalharmos com a Inspetoria, com o Instituto de Engenharia, enfim, com todas as nossas classes sociais e em benefício da sociedade”.
Nélio Fleury cutucou o adversário, lembrando que embora haja vencido o último pleito, a representatividade foi pouca, por que o mesmo conseguiu em torno de apenas 5% dos votos. “Por isso, digo que a minha candidatura é de opção, porque queremos trazer os nossos profissionais para participarem do processo e fortalecerem, ainda mais, o Conselho. “Venho trazer as minhas propostas, dentre elas também a de que queremos o fim do CREA cartorial, que está fazendo apenas o seu papel básico, cobrando taxas”, disparou. O candidato é acompanhado na cabeça de chapa por Vezzani, que concorre à diretor da Mútua-GO e Manoel Álvares, que concorre para diretor administrativo da Mútua-GO. No Confea, a chapa apoia a candidatura de Álvaro Cabrini.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...

Presidente da Câmara destaca as suas prioridades e desafios do cargo

10/01/2019

Eleito recentemente para presidir a Câmara Municipal, o Vereador Leandro Ribeiro (PTB), em entrevista exclusiva ao Jornal CO...

Torcida Premiada e Desestatização estão na pauta da sessão

27/12/2018

Nesta sexta-feira, a Câmara Municipal se reúne, em caráter extraordinário, para apreciar e votar quatro projetos enviados...

Caiado garante o pagamento da folha de janeiro dos servidores

27/12/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) garantiu, durante coletiva de imprensa na quarta-feira, 26, que tomará todas as med...